Rio Open de tênis nega rumores de que será substituído por torneio na Arábia Saudita


Após o jornal espanhol Marca publicar na última quinta-feira (26), que o Rio Open "desapareceria" do calendário de 2021 da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) e que poderia ser substituído por um evento na Arábia Saudita, o site Surto Olímpico procurou a assessoria de comunicação do torneio, que negou as informações publicadas pelo veículo. 

"Essa informação sobre a Arábia Saudita não procede. Temos reuniões semanais sobre Rio Open e todos os cenários possíveis estão sendo avaliados. Mas a data é do Rio Open", ressaltou o setor de comunicação do evento em posicionamento oficial. 

O Rio Open é um torneio nível ATP 500, sendo o único neste porte na América do Sul. Desde sua primeira edição, em 2014, o campeonato reúne estrelas do tênis no Rio de Janeiro, tendo contado com presenças de Rafael Nadal, Dominic Thiem, Fabio Fognini, Pablo Cuevas, Jo-Wilfried Tsonga, entre outros.

O que disse o Marca?

De acordo com o veículo jornalístico espanhol, o Rio Open trocaria de data com o ATP 250 de Doha, no Catar, tradicionalmente realizado na primeira semana de janeiro. E posteriormente o torneio brasileiro desapareceria do calendário. 

O diário fala ainda sobre a busca da ATP por um novo local para o torneio nível 500 que substituiria o Rio Open. É cogitado na matéria que a Arábia Saudita possa ser o país escolhido. Na semana seguinte viria o ATP 500 de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, o que configuraria uma gira pelo Oriente Médio.

Foto: Reprodução/Fim de Jogo

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem