Pentatleta Danilo Fagundes viaja para Portugal e se junta a Missão Europa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pentatleta Danilo Fagundes viaja para Portugal e se junta a Missão Europa

Compartilhe




O Pentatlo Moderno entrou para a lista de esportes que fazem parte da Missão Europa do Comitê Olímpico do Brasil (COB). A modalidade foi a 21ª de 22 que enviaram atletas para treinar em Portugal em cinco meses. O carioca Danilo Fagundes, de 32 anos, é quem representa o esporte olímpico que reúne natação, esgrima, hipismo e laser-run (tiro a laser e corrida).


Danilo chegou no país europeu neste fim de semana. Ele vai ficar em Rio Maior, principal base da Missão Europa, até o dia 21. De lá, ele embarca para a Itália, onde participará, no início de dezembro, do campeonato nacional de Pentatlo Moderno.


“Além do Campeonato Italiano, decidi viajar também para fazer um camp com pentatletas de lá. Para isso, tenho que passar por Portugal por causa da pandemia, para um período de quarentena”, conta o atual líder do ranking nacional.


No início do ano, Danilo ficou de fevereiro a julho treinando na Itália. Agora, com a pandemia, ao voltar ao continente, ele teve que se submeter a vários exames da covid-19.


“Fiz exame antes de sair do Brasil, aqui e vou fazer outro antes de embarcar para a Itália. Está tudo bem controlado”, afirma.


Em Rio Maior, das cinco modalidades do Pentatlo Moderno, Danilo teve a oportunidade de treinar a esgrima com a equipe do país que estava por lá. Agora, ele está se dedicando à natação, corrida e laser-run. O hipismo, só na Itália.


“É muito bom você estar em um ambiente favorável ao treinamento, com as instalações próximas, comida próxima, não ter muita preocupação com outras coisas, isso te favorece muito”, o carioca elogia a base de Rio Maior.


De olho em Tóquio

Danilo também viu a necessidade de aperfeiçoar seu treinamento na Europa de olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Atualmente, o carioca é o melhor brasileiro no ranking da União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) que vai definir os últimos pentatletas classificados para as Olimpíadas do Japão.


“Quando for para a Itália, terei um aproveitamento melhor, porque vou treinar com outros pentatletas. Todo esforço é válido nesse período”, defende, dizendo que vai continuar por lá até janeiro.


Das quatro possíveis vagas que o Pentatlo Moderno brasileiro pode conquistar nos Jogos de Tóquio, o país garantiu apenas uma, com a também carioca Ieda Guimarães, 20. A jovem pentatleta carimbou seu passaporte para as Olimpíadas do Japão ao ser a melhor sul-americana nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019.


Foto: Divulgação/CBPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário