Organizadores descartam 'especulações' sobre atraso do Australian Open; torneio juvenil é adiado - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Organizadores descartam 'especulações' sobre atraso do Australian Open; torneio juvenil é adiado

Compartilhe

A Tennis Australia, órgão regulador da modalidade no país, descartou as especulações de que a edição 2021 do Australian Open seria adiado. Recentemente o jornal de Melbourne, The Herald Sun relatou que devido à pandemia de coronavírus, o evento poderia ser realizado em fevereiro ou março, ao invés de janeiro, como ocorre tradicionalmente.

"É pura especulação", disse um porta-voz da Tennis Australia. 

Na última terça-feira (17), o primeiro-ministro do estado de Victoria, Daniel Andrews, revelou que torneios de tênis como o Australian Open e seus eventos preparatórios ainda não estavam confirmados, alegando que a organização precisava reforçar os protocolos de segurança para levar o campeonato adiante. O governo australiano disse que tenistas não poderão entrar no país até no mínimo o dia 1° de janeiro de 2021. 

"Estou muito confiante de que teremos um Aussie Open no início do próximo ano", disse o primeiro-ministro da Victoria.

"O momento exato disso, os arranjos exatos que estabelecemos, eles ainda não foram acertados e assim que estiver tudo certo, terei o maior prazer em compartilhar com vocês", acrescentou.

No entanto, de acordo com diversos veículos jornalísticos do país, as próximas 72 horas serão determinantes para o futuro do torneio. Diversas reuniões serão realizadas entre os membros da Tennis Australia e o governo nacional para remodelar os planos do primeiro Grand Slam do ano. 

Torneio juvenil do Australian Open é adiado 

Os torneios juvenis do Australian Open (feminino e masculino em simples e duplas) foram adiados devido às restrições de viagens impostas por causa da pandemia. Porém, a Tennis Australia está desenvolvendo planos para que um evento substituto seja realizado no país ainda em 2021.

"A Austrália teve relativamente poucos casos de COVID-19 e isso foi alcançado por meio de medidas estritas de biossegurança que incluem limitar os viajantes internacionais, além da quarentena obrigatória de 14 dias para todos que estão chegando", disse Craig Tiley, diretor do torneio, em carta.

"Esses limites, juntamente com os requisitos de biossegurança aumentados, infelizmente tornaram extremamente difícil para nós realizar um evento para juniores durante o Aberto da Austrália 2021", completou. 

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário