Letícia Lima é atração no Brasileiro Sub-20 de Atletismo - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Letícia Lima é atração no Brasileiro Sub-20 de Atletismo

Compartilhe





A piauiense Letícia Maria Nonato Lima, ganhadora da medalha de bronze nos 200 m dos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires-2018, será um dos destaques da nova geração no Campeonato Brasileiro de Atletismo Sub-20, de sexta-feira (6) a domingo (8), em Bragança Paulista (SP). A competição marca a retomada do calendário nacional de 2020, após a pandemia da COVID-19, e não terá público.



O talento da velocista foi confirmado no Troféu Professor Manoel Trajano Norte-Nordeste Caixa Adulto de Atletismo, disputado no Parque e Centro Esportivo Alberto Santos Dumont, no Recife (sábado e domingo, 31/10 e 1º). Letícia Lima, eleita pela terceira vez a melhor atleta do Norte-Nordeste, representou o Ceará e venceu os 100 m, 200 m e 400 m, além de integrar o revezamento campeão do 4x100 m .



“A expectativa para o Sub-20 é a melhor possível. Estou bem confiante e espero bons resultados”, disse Letícia, que completou 19 anos no dia 30 de abril. “Fiquei contente com meu desempenho no Norte-Nordeste.”



Mesmo com os problemas causados pela pandemia, que a obrigou a treinar perto da casa de sua família em Timon, no Maranhão, onde começou no atletismo, ela venceu os 100 m, com 11.4 (1.5), os 200 m, com 24.52 (1.1), os 400 m, com 55.55, e ajudou a equipe do Ceará a vencer o 4x100 m, com 50.20. No final da competição, foi eleita o destaque feminino do campeonato pela comissão formada durante o Congresso Técnico do evento.



O retorno às competições permite a Letícia voltar a sonhar com os índices para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2021. “Estou retomando o ritmo de competição e espero conseguir meus melhores resultados. O sonho de participar de uma Olimpíada é grande”, lembrou a velocista da UNIFOR.



Única mulher brasileira a subir no pódio de uma prova de atletismo dos Jogos da Juventude, competição dedicada a jovens de até 17 anos, participou ainda do Mundial Sub-18, realizado em 2017, em Nairóbi, Quênia, e no Mundial Sub-20 de Tampere, em 2018, na Finlândia.



O início da quarentena foi muito difícil, segundo Letícia. “A pista da Universidade de Fortaleza fechou e eu voltei para casa. Tive de improvisar na rua, fazer rampa. Agora voltei para a UNIFOR”, completou a velocista orientada desde o início da carreira por Antônio Nilson de Sousa.



As inscrições para o Brasileiro Caixa Sub-20, que este ano terá vários protocolos de segurança por causa de pandemia, terminaram nesta segunda-feira (2/11). A AMAM - Associação Máster de Atletismo do Amazonas foi a primeira equipe a assegurar participação.



No ano passado, o evento foi realizado no final de maio, também no CNDA, em Bragança Paulista. O Sesi-SP foi o campeão geral, com 172,5 pontos, seguido de Orcampi (98), Centro Olímpico (90), EMFCA (78) e ASPMP (68).



Erik Felipe Barbosa Cardoso (SESI-SP), vencedor dos 100 m, e Chayenne Pereira da Silva (EMFCA), ganhadora dos 400 m com barreiras, foram eleitos os melhores atletas da competição.


Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário