Juan Martin del Potro revela desejo de disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio


Dono de duas medalhas olímpicas e atual vice-campeão, o tenista argentino Juan Martin del Potro segue sonhando em disputar as Olimpíadas de Tóquio no ano que vem. Sem entrar em quadra desde o ATP 500 de Queens em 2019, torneio em que sofreu uma nova lesão no joelho direito, Delpo revelou em entrevista para a ESPN que não vai desistir de sua carreira. 

Desde seu último retorno ao tênis, ocorrido em 2016, pouco antes das Olimpíadas do Rio de Janeiro, del Potro colecionou momentos marcantes em quadra, como a medalha de prata no torneio olímpico após bater Novak Djokovic na estreia e Rafael Nadal na semifinal, perdendo apenas para Andy Murray, na final, em quatro sets. Além disso, ele foi um dos tenistas que conduziram a Argentina ao título inédito da Copa Davis em 2016, além de ser finalista do US Open em 2018, chegando ao terceiro lugar no ranking mundial da ATP. 

“Para ser honesto, é preciso muito para eu voltar. Tornou-se muito desafiador para mim, mas não estou pronto para desistir. Eu me recuso a terminar minha carreira fora das quadras e adoraria competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio no próximo verão", disparou Delpo. 

Ao longo de sua carreira, del Potro teve diversas lesões no punho e no joelho. Em agosto deste ano o argentino se submeteu a uma nova cirurgia no joelho direito e ainda não há previsões para seu retorno ao esporte. 

"A paixão pelo jogo ainda está aqui, mantendo-me motivado apesar de todas as dificuldades. Mudei a maneira como acerto a bola depois de várias lesões no pulso, mas não posso mudar a maneira como me movo para ajudar meus joelhos. Ainda assim, as Olimpíadas de Tóquio foram transferidas para 2021 devido à pandemia, e isso me deu força extra para trabalhar em meu retorno", revelou o tenista que bateu Roger Federer na final do US Open em 2009. 

O argentino conquistou também uma medalha de bronze em Londres 2012, após bater Djokovic na disputa pelo terceiro lugar. Atualmente Delpo ocupa a 154ª posição no ranking mundial da ATP. 

Relação com Maradona

Delpo falou rapidamente sobre sua relação com Maradona, que faleceu na última quarta-feira (25). O ex-jogador de futebol havia acompanhado a equipe argentina durante a final da Copa Davis em 2016 na Croácia, quando eles conquistaram pela primeira vez o título da prestigiada competição.

"Ele esteve conosco em Zagreb, 2016, nos dando energia positiva e nos ajudando a conquistar o título. Eu visitei Maradona em seu quarto todas as noites por dez minutos; conversar com ele me deixou muito feliz e me deu muita força". 

Foto: Reprodução

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem