Gustavo Tsuboi derrota chinês na estreia do WTT de Macau; Calderano perde para número 2 do mundo - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Gustavo Tsuboi derrota chinês na estreia do WTT de Macau; Calderano perde para número 2 do mundo

Compartilhe

 


O Brasil teve um dia de altos e baixos na estreia do WTT de Macau, última competição internacional de tênis de mesa da temporada, nesta quarta-feira (25). Gustavo Tsuboi derrotou o chinês Zhao Zihao por 3 a 1 (4-11, 11-6, 11-8, 11-8) e avançou à segunda fase do torneio, enquanto Hugo Calderano perdeu para o número 2 do mundo, Xu Xin, por 3 a 2 (5-4, 5-3, 1-5, 2-5, 3-5), mas segue vivo na competição.


Atual 44º colocado do ranking mundial, Tsuboi passou por Zhao, número 23 do mundo e número 7 da China, ainda pela madrugada. Num duelo muito equilibrado, o brasileiro perdeu o primeiro set, mas conseguiu reverter a desvantagem para sair com a vitória. Na próxima fase, ele enfrentará o sueco Mattias Falck, nono colocado do ranking mundial, em uma espécie de oitavas de final.


"Estou muito feliz de ter ganho. Aqui estão os melhores, é um torneio muito forte. Ganhar de um atleta da seleção da China é algo muito bom para mim e para o tênis de mesa brasileiro. Mostramos que estamos no cenário e dá para competir com eles", analisou Tsuboi após a vitória.


Um pouco mais tarde, um novo confronto entre Brasil e China em terras macaensas, desta vez no grupo dos cabeças de chave. Quem levou a melhor foram os asiáticos, com vitória de Xu Xin (2º) sobre Hugo Calderano (6º), em uma partida "relâmpago". Com sets curtos, decididos em cinco pontos, o brasileiro venceu os dois primeiros (5-4 e 5-3), mas perdeu os seguintes (1-5, 2-5 e 3-5) e saiu derrotado.


Apesar do tropeço, Calderano segue vivo na competição. Ele voltará à mesa na madrugada desta quinta-feira (26) para enfrentar outro chinês, Lin Gaoyuan, quinto colocado do ranking mundial, em confronto que define as prioridades de escolha dos adversários das quartas de final.


O WTT de Macau é um torneio que possui um formato diferenciado, considerado uma aposta da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) para as próximas temporadas a partir de 2021. Os quatro primeiros cabeças de chave, incluindo Calderano, adentram no mata-mata nas quartas de final. Antes, disputam jogos entre si para definir a ordem das quartas. 


Os cabeças de chave de 5 ao 8 iniciam sua participação na segunda fase (ou oitavas de final), enquanto os outros oito participantes competem no mata-mata a partir da primeira fase. A competição ainda tem pontuações diferenciadas em cada uma das fases. Clique aqui para conhecer todos os detalhes do regulamento do torneio.


Foto de capa: ITTF

Nenhum comentário:

Postar um comentário