GP Brasil de Atletismo tem data de realização confirmado - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

GP Brasil de Atletismo tem data de realização confirmado

Compartilhe



O Grande Prêmio Brasil de Atletismo, integrante do World Athletics Continental Tour Silver, foi confirmado para o dia 6 de dezembro. Organizado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), o GP será na nova pista do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), a partir das 13:30 e até às 17 horas. É uma competição muito importante, em um ano prejudicado pelo cancelamento de provas em todo o mundo por causa da COVID-19, no mês da retomada da corrida olímpica. Mas ainda sem a presença do público.


Os índices para os Jogos Olímpicos de Tóquio, marcado para o período de 23 de julho e 8 de agosto de 2021, voltam a valer, por determinação da World Athletics, no dia 1º de dezembro de 2020.


O GP marca uma semana com as duas principais provas do calendário do atletismo brasileiro. Logo na sequência, de 10 a 13 de dezembro, será realizado o Troféu Brasil Caixa de Atletismo também em São Paulo, com os atletas brasileiros de olho na corrida olímpica. São 17 os atletas do atletismo que já fizeram índices para os Jogos Olímpicos.


As provas integrantes do WA Continental Tour Silver 2020 são, no masculino: 100 m, 400 m, 110 m com barreiras, 400 m com barreiras, 3.000 m com obstáculos, salto em distância, salto triplo, arremesso do peso, salto com vara e salto em altura; e no feminino: 100 m, 400 m, 100 m com barreiras, 400 m com barreiras, 3.000 m com obstáculos, salto em distância, salto triplo, arremesso do peso, lançamento do disco e lançamento do dardo.


Além dos atletas estrangeiros também serão convidados para o evento atletas nacionais que estiverem entre os cinco primeiros colocados do Ranking Brasileiro combinado 2019/2020, no período de 1/8/2019 a 1/11/2020. O convite será realizado para as provas com status Continental Tour.


Serão realizadas duas provas não integrantes do Continental Tour: os 800 m masculino, exclusivamente para atletas brasileiros – podem participar os dez primeiros do ranking combinado de 1/8/2019 a 1/11/2020 –, e o revezamento 4x400 m masculino para países da América do Sul, inclusive o Brasil.


Instituído em 1985, o Grande Prêmio Brasil de Atletismo passou a fazer parte do Circuito Mundial da IAAF em 1990. As 11 primeiras edições do torneio, até 1995, foram realizadas no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo. O GP teve nove edições no Rio – no Célio de Barros, no Maracanã, e no Engenhão, em 2002, considerado o principal Meeting do Atletismo da América Latina, e com a marca CAIXA incorporada a seu nome, foi para o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém, onde foi disputado por 10 anos. Depois teve sedes em São Bernardo do Campo e Bragança Paulista e agora volta para São Paulo na pista reformada do COTP, equipamento da Prefeitura de São Paulo.


Em 2019, em Bragança Paulista, o GP Brasil de Atletismo deu destaque a um garoto, então com 18 anos, Alison Brendom Alves dos Santos, o Piu, que venceu os 400 m com barreiras com 48.84, então recorde sul-americano sub-20 e o sétimo melhor tempo na história na América do Sul. O britânico Nick Miller e o queniano Alfred Kipketer confirmaram o favoritismo no lançamento do martelo e nos 800 m, respectivamente, e a norte-americana Valarie Allman, então líder do Ranking Mundial, venceu no lançamento do disco.

Nesta edição de 2020 os participantes vão seguir todos os protocolos de segurança definidos pela CBAt no Guia de Ação e Recomendações para a Organização de Competições no Enfrentamento a COVID-19.



No dia 6 de dezembro, logo após a cerimônia de abertura, às 13:30, a disputa dos 800 m masculino, evento nacional, abre o programa horário do GP Brasil Caixa de Atletismo. Em seguida, às 14 horas, começam as provas do Continental Tour com o lançamento do dardo feminino e, às 14:05, o salto em altura masculino. A última prova do programa será o revezamento 4x400 m masculino às 17 horas.


Foto: CBAt/Wagner Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário