Ex-capitão da seleção indiana de críquete apoia possibilidade da modalidade se tornar olímpica - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ex-capitão da seleção indiana de críquete apoia possibilidade da modalidade se tornar olímpica

Compartilhe

O ex-capitão da seleção de críquete da Índia, Rahul Dravid, declarou apoio para que a modalidade possa um dia integrar o programa olímpico, em seu formato T20, mais rápido devido o número limitado de overs (20).

Há dois anos, o Conselho Internacional de Críquete (ICC) realizou uma pesquisa sugerindo que 87% dos fãs deste esporte gostariam de ver sua inclusão nos Jogos Olímpicos. 

“Acho que será ótimo para o jogo se o formato T20 puder se tornar um esporte olímpico. O críquete está sendo praticado em muitos países", disse Dravid. 

"Obviamente, ele vem com seus desafios, e não menos importante, é um esporte que requer certos tipos de instalações para ter sucesso", ressaltou Dravid em entrevista à ESPN.

Organizada pela primeira vez em 2007, a Copa do Mundo de Críquete T20 teve seis edições, passando por países membros da Comunidade Britânica (Commonwealth). Com dois títulos (2012 e 2016) a seleção das Índias Ocidentais é a maior campeã. Índia, Paquistão, Inglaterra e Sri Lanka são outras seleções que conquistaram o mundial. 

"Eu certamente sou a favor da expansão do jogo T20. E sim, se funcionar no cronograma, se for possível, acho que o críquete deve se esforçar para tentar entrar nas Olimpíadas em algum momento. Pode levar algum tempo, mas por que não?", indagou. 

O críquete é um esporte que utiliza como materiais de jogo, bolas e tacos, desenvolvido no sul da Inglaterra no século XVI.

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário