Dustin Johnson quebra recorde, fatura título do Masters de golfe e garante liderança do ranking até 2021 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Dustin Johnson quebra recorde, fatura título do Masters de golfe e garante liderança do ranking até 2021

Compartilhe


Após uma atuação impecável durante os quatro dias de torneio, Dustin Johnson conquistou neste domingo (15), o título do Masters de golfe e levou para casa a clássica jaqueta verde. Mais do que isso, o golfista estadunidense quebrou o recorde de menor número de tacadas necessárias para completar o percurso de 72 buracos em quatro rodadas, efetuando 268 jogadas (65-70-65-68), 20 abaixo da previsão do campo. 


Com a conquista de seu segundo Major na carreira, quatro anos após o título do US Open, Johnson garante a liderança do ranking mundial até 2021, abrindo cerca de 2,5 pontos em média para o segundo colocado, o espanhol Jon Rahm. 


Neste domingo, pela quarta rodada do Masters, no campo do Ausgusta National Golf Club, Johnson começou seu percurso com oscilações em seu desempenho. Efetuou um birdie no buraco 3, mas cometeu dois bogeys seguidos, nos buracos 4 e 5. Após as duas falhas, o estadunidense fez mais dois birdies para reverter a situação, nos buracos 6 e 8. 


Na segunda metade do campo, Johnson voltou efetuar tacadas com maior solidez, fazendo três birdies em sequência (buracos 13, 14 e 15), para encerrar o percurso da quarta rodada com 68 tacadas e 'erguer o caneco' do Masters. De quebra, o estadunidense recebeu cerca de US$ 2 milhões em premiação. 


Confira abaixo as estatístacas de Johnson nos quatro dias de torneio

Eagles: 2
Birdies: 20
Pars: 46
Bogeys: 4
Bogeys duplos: 0






O vice-campeonato ficou dividido entre o australiano Cameron Smith e o sul-coreano Sungjae Im, ambos com -15. Ambos efetuaram cinco birdies e dois bogeys na quarta rodada. 


Jon Rahm, que ainda busca seu primeiro título de Major, encerrou sua participação no Masters com a sétima posição, empatado com C.T. Pan e Brooks Koepka, ambos com -10. 


Campeão em 2019, Tiger Woods quase teve um dia desastroso, mas o final de sua volta, mostrou que ainda pode jogar muito bem nos Majors. Ele abriu o percurso com um birdie no buraco 2, mas cometeu três bogeys (5, 7 e 10). 


No entanto, o pior momento do dia para Woods foi no buraco 12, um par 3, quando acertou a bola três vezes no lago, precisando de dez tacadas para finalizar o trecho. 


Apesar da difículdade incomum encontrada no buraco 12, Woods se recuperou e embocou cinco birdies, sendo quatro seguidos, nos últimos seis buracos do campo, terminando a competição com o 38º lugar. 


O próximo torneio do PGA Tour será o The RSM Classic, realizado entre os dias 19 e 22 de novembro, no Sea Island, na Geórgia. 


Foto: Mike Holahan/The Augusta Chronicle
         Rob Schumacher/USA Today

Nenhum comentário:

Postar um comentário