Campões brasileiros e duplas olímpicas avançam na terceira etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Campões brasileiros e duplas olímpicas avançam na terceira etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia

Compartilhe



Na  terceira etapa masculina do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 20/21 contou com 22 partidas na sexta-feira (13) pela fase de grupos. A emoção e o equilíbrio foram a tônica do dia no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), sede da competição. Após o encerramento da rodada quatro times conseguiram a classificação direta para as quartas de final. As duplas olímpicas brasileiras Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB), os atuais campeões brasileiros André/George (ES/PB) e Guto/Arthur Mariano (RJ/MS) formam a lista dos classificados. 


Pelo regulamento do Circuito Brasileiro, avançam direto às quartas de final as quatro melhores campanhas da fase de grupos. Outros oito times disputam a repescagem na manhã deste sábado (14.11), a partir das 8h. Nesta lista estão a dupla com a quinta melhor campanha, Vitor Felipe/Vinícius (PB/ES); as cinco parcerias que ficaram em segundo nos grupos: Renato/Adrielson (PB/PR), Oscar/Thiago (RJ/SC), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Bruno/Jô (AM/PB) e Hevaldo/Saymon (CE/MS); e os dois melhores terceiros: Marcus/Felipe Cavazin (RJ/PR) e Allison Francioni/Fábio (SC/CE). 


Campeões na etapa anterior, Alison e Álvaro Filho (ES/PB) ficaram com a primeira posição do grupo A. No primeiro jogo da dupla, vitória por 2 sets a 0 sobre Nico/Samuel (SC) (21/17 e 21/12). No segundo duelo do grupo, os líderes do ranking nacional passaram por Bruno/Jô (AM/PB) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/13). O campeão olímpico Alison avaliou o desempenho da parceria na rodada. 


“Foi um dia muito difícil porque está muito quente e muito húmido. O mais importante foi que a gente manteve a concentração. Nos dois jogos, no primeiro set a gente foi estudando os adversários, pegando o ritmo. No primeiro jogo sacaram mais no Álvaro, no segundo em mim. No segundo set, a gente conseguiu também a tática ajudar. Primeiro dia de um grande torneio, e vamos continuar concentrados para continuar vivos no campeonato”, contou Alison que ainda comentou sobre a terceira etapa seguida dentro do CDV. 


“Está sendo muito legal e diferente. Normalmente a gente vem uma vez por ano para Saquarema para treinar, e a gente chegando agora à terceira etapa, conhecendo essa arena. A gente está tendo que se adaptar sem torcida presencial, isso é um pouco diferente. Mas o atleta de alto rendimento tem que estar sempre preparado para grandes dificuldades, superação e, principalmente, se adaptar ao ambiente”, completou o bloqueador. 


A outra dupla que representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem, Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF), garantiu o primeiro lugar no grupo C com duas vitórias. Na estreia, eles levaram a melhor sobre Mateus Dultra/Lucas Sampaio (CE/RJ) por 2 sets a 0 (21/13 e 21/18). Mais tarde superaram Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR) por 2 sets a 0 (26/24 e 21/16). Evandro comemorou os resultados e a classificação. 


“Dois bons jogos, passamos para a próxima fase. Um grande dia para a gente com essas duas vitórias e agora é descansar. Muito bom voltar a trabalhar, voltar a jogar, voltar a ver meus companheiros de trabalho. Essa etapa está um pouco diferente, está com menos vento e nas outras estava com bastante vento. Mas esse é o vôlei de praia, tem vento, tem chuva, tem sol, não tem sol, e a gente sempre tem que se adaptar a isso”, disse Evandro. 


André e George, que subiram ao pódio nas duas etapas realizadas na temporada, largaram com vantagem no grupo B. Eles bateram Gabriel Gouveia/Luccas Amorim (RJ/DF) no primeiro confronto do dia por 2 sets a 0 (21/19 e 21/13). E garantiram o primeiro lugar da chave com vitória sobre Oscar/Thiago (RJ/SC) por 2 sets 0 (21/19 e 21/16). André destacou a regularidade da dupla nos torneios até aqui. 


“É muito importante, é, na verdade, o que a gente busca. A gente sabe que isso é o mais difícil. Muitos times conseguem chegar no topo, mas não conseguem se manter. Então nosso objetivo é esse, que a gente sabe que é o mais difícil. E a gente vem focado toda etapa, jogo a jogo. Ainda mais nesse sistema agora desses dois torneios, que está contando ponto esses primeiros jogos para saber quem sai em primeiro e segundo. Então a gente vem focado para fazer sempre os melhores placares, os melhores jogos. Mas não tem jeito, é sempre jogo difícil. E a gente focando jogo a jogo, e nosso objetivo mesmo é manter essa regularidade. A gente sabe que vem fazendo um bom campeonato, mas são 10 etapas e a gente está só na terceira. Então, o principal mesmo é manter esse foco”, contou André. 


A última parceria a conseguir a vaga direta nas quartas de final foi Guto/Arthur Mariano (RJ/MS), primeiro no grupo D. No jogo de estreia venceram Maia/Vinícius (RJ) por 2 sets a 0 (21/17 e 21/15). No final do dia, para encerrar a rodada, mais um resultado positivo, desta vez 2 sets a 0 sobre Renato/Adriélson (PB/PR) (21/18 e 21/15). Prata na primeira parada da temporada 20/21, Arthur destacou a evolução da dupla no terceiro torneio juntos. 


“A cada dia que passa nós estamos mais entrosados e mais unidos. Na primeira etapa subimos ao pódio, mas não jogamos tão bem quanto poderíamos. Já na etapa seguinte nós evoluímos, tivemos mais volume de jogo, mas encaramos verdadeiras pedreiras no caminho. Hoje começamos com o ritmo forte para podermos conquistar uma medalha novamente”, analisou Arthur.


Foto: INOVAFOTO/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário