Yohansson Nascimento se aposenta das pistas e se candidata a vice-presidente do CPB - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Yohansson Nascimento se aposenta das pistas e se candidata a vice-presidente do CPB

Compartilhe



Um dos grandes velocistas do esporte paralímpico brasileiro pendurou as sapatilhas. Yohansson Nascimento, de 33 anos, anunciou sua aposentadoria das pistas e agora ele buscar permanecer no esporte, mas em outra função: Ele irá concorrer a vice-presidência do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB):


“Uma decisão muito difícil pra tomar como atleta, porque como todos sabem eu tenho índice para Tóquio. No Mundial do ano passado, eu fiz a a melhor marca da minha vida nos 100m. Conquistei aquele pódio fantástico ao lado do Petrúcio e do Washington (no mundial de atletismo paralímpico no ano passado) e eu sabia que estar me candidatando à vice-presidência do CPB, eu teria que abrir mão dessa minha vaga e desse meu sonho de estar indo em busca de mais medalhas;” contou em entrevista ao site Olimpíada Todo Dia.


Yohansson, dono de 6 medalhas paralímpicas, 11 mundiais e 8 parapan-americanas, explicou que sua candidatura para vice-presidente do CPB é uma forma de retribuir tudo que esporte lhe deu: "Essa decisão foi tomada porque do mesmo jeito que eu tive a oportunidade de iniciar o esporte em 2005, o esporte me ofereceu tantas coisas, tantas oportunidades, pude melhorar minha vida, ajudar muitos atletas a ingressar no esporte. A saber o caminho que ele tinha que trilhar. E, se tudo der certo, nessa votação, como vice presidente eu vou poder ajudar não só os atletas da minha modalidade, do atletismo, mas atletas do Brasil inteiro.”


Ao fim, Yohansson fez um balanço da sua carreira nas pistas: “O balanço que eu faço é de uma carreira vitoriosa. Eu consegui ganhar todas as medalhas possíveis. Foi uma carreira vitoriosa. Então eu fico satisfeito em tudo que eu fiz. E ainda sabendo que mesmo que eu quisesse continuar no próximo ano eu tinha muita chance de conquistar mais um pódio e melhorar a marca nos 100m.”


O atual presidente Mizael Conrado é o único candidato a presidência da CPB na eleição que ocorrerá em 30 de novembro. Yohansson Nascimento e Ivaldo Brandão Vieira concorrem ao cargo de vice-presidente.  O colégio eleitoral do Comitê Paralímpico Brasileiro é composto por 20 delegados com direito a voto, segmentados por confederações filiadas e atletas. 


foto: Saulo Cruz/Exemplus/CPB

Com informações de Olimpíada Todo Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário