Podoroska bate Svitolina e faz história em Roland Garros - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Podoroska bate Svitolina e faz história em Roland Garros

Compartilhe

A tenista argentina Nadia Podoroska continua fazendo história em Roland Garros. Nesta terça-feira (5), a atleta de 23 anos bateu a cabeça de chave número 3 do torneio, Elina Svitolina, por 2 sets a 0 (6-2 e 6-4), em 1h19 de partida, para chegar às semifinais do Major parisiense. Essa é disparado a melhor campanha de Grand Slam na carreira de Podoroska, que caiu na primeira rodada do US Open de 2016. 

Essa é a primeira vez em Roland Garros e terceira em Grand Slams na era aberta, que uma atleta vinda do qualificatório consegue chegar à semifinal. Completam a lista a estadunidense Alexandra Stevenson (Wimbledon 1999) e a australiana Christine Dorey (Australian Open 1978). 

Atual número 131 do mundo, Podoroska não encontrou dificuldades para derrotar Svitolina. Apesar de ter seu serviço quebrado em duas oportunidades, a argentina quebrou o saque da adversária quatro vezes. 

Svitolina começou bem a partida, pressionando muito o serviço de Podoroska e conquistando a quebra no primeiro game. Mas depois disso, a argentina ganhou cinco games consecutivos, efetuando quebras de saque nos games 2, 4 e 6. 

No sétimo game Podoroska foi novamente quebrada, mas fez pressão no serviço de Svitolina e quebrou pela quarta vez o saque da ucraniana. Assim ela fechou a primeira parcial por 6-2, após vencer 33 dos 55 pontos disputados e disparar 17 winners, contra dois da adversária. 

O segundo set foi o mais equilibrado, e as tenistas tiveram três trocas de quebras seguidas, no 2-2, 3-3 e 4-4. Até que no décimo game da parcial, Podoroska foi mais agressiva, atacou mais durante os rallys e conquistou a quebra de saque derradeira, responsável por fechar o set em 6-4 e ganhar o jogo. 

Podoroska se sobressaiu na segunda parcial nos pontos jogados com o segundo saque. Enquanto houve quase que um empate no aproveitamento dos pontos jogados com o primeiro serviço (48% a 47% para Svitolina), a argentina teve 58% de pontos com o segundo saque, enquanto a ucraniana ganhou apenas 33% dos tentos com o fundamento.

Na semifinal Podoroska enfrentará a vencedora do confronto entre a polonesa Iga Swiatek e a italiana Martina Trevisan

Foto: Reprodução/Twitter Roland Garros

Nenhum comentário:

Postar um comentário