Morre Marlene, capitã da seleção de basquete feminino nas décadas de 50 e 70 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Morre Marlene, capitã da seleção de basquete feminino nas décadas de 50 e 70

Compartilhe




O basquete está de luto. Morreu nesta terça (27) Marlene José Bento, uma das pioneiras do baquete feminino brasileiro e que fez parte da seleção entre as décadas de 50 e 70, sendo capitã da equipe.  A família não revelou a causa da morte.


Jogando como pivô, Marlene foi uma das jogadoras que ajudaram o basquete feminino a ter o seu primeiro período de glória esportiva, com o bronze nos Jogos Pan-Americanos de 1955, a prata em 1959 e 1963 e o ouro em 1967 e 1971. E o bronze no Mundial de 1971, em São Paulo, além dos  sul-americanos de 1958, 1965, 1967, 1968 e 1970.


Após encerrar a carreira Marlene virou e descobriu Hortência, sendo a sua primeira treinadora. A rainha do basquete postou uma homenagem nas redes sociais: "Uma homenagem e todo meu agradecimento a minha primeira técnica de basquete Marlene! Virou uma estrela 🙏"




foto: Acervo o globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário