Jogadora de basquete da seleção de Belarus presa por protestos contra presidente do país é libertada - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Jogadora de basquete da seleção de Belarus presa por protestos contra presidente do país é libertada

Compartilhe

A justiça de Belarus soltou nesta quinta-feira (15) a jogadora Yelena Leuchanka (BLR) após 15 dias presa por participar de protestos contra o presidente Alexander Lukashenko.

Leuchenka foi presa em 30 de setembro no aeroporto de Minsk (BLR) e condenada a 15 dias de cadeia. Chegou-se a cogitar que a atleta ficaria presa até o domingo (18) após outro julgamento, mas o juiz, em acordo com os advogados, decidiu apenas por uma multa e a soltura da jogadora.

Entretanto, os pais de Leuchenka não puderam comemorar a saída dela da prisão, já que ela foi liberada em sigilo pelo governo e só depois os país, ainda na porta da prisão, souberam que ela já estava em casa.

A jogadora de 37 anos é um dos principais destaques do país, tendo disputado os Jogos Olímpicos em 2008 e 2016 e competido na WNBA, a liga estadunidense de basquete. Leuchenka foi bronze com Belarus no EuroBasket em 2007.

Segundo a associação bielorrussa na Itália, Leuchenka disse que não havia colchões e lençois, e que contraiu piolhos na prisão.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) está investigando alegações de que atletas do país estariam sofrendo represálias pelos protestos contra Lukashenko.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário