Cinco judocas brasileiros estreiam na sexta no Grand Slam de Budapeste - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Cinco judocas brasileiros estreiam na sexta no Grand Slam de Budapeste

Compartilhe



O judô brasileiro estreia na sexta-feira (23), no Grand Slam de Budapeste, na Hungria, com cinco atletas lutando pelas primeiras medalhas no retorno do Circuito Mundial da modalidade. Nas chaves femininas, o Brasil terá Larissa Pimenta (52kg) e Jéssica Pereira (57kg) neste primeiro dia de competição e nas chaves masculinas o país será representado por Renan Torres (60kg), Eric Takabatake (60kg) e Willian Lima (66kg).


As lutas preliminares começarão às 5h (horário de Brasília), com bloco final (medalhas) a partir das 10h (horário de Brasília). 


A delegação brasileira desembarcou na Hungria na última terça-feira e já fez dois treinos na estrutura montada na moderna László Papp Arena que, em 2017, recebeu o Mundial de Judô no qual o Brasil conquistou cinco medalhas. O local de competição é uma das “bolhas” dentro do protocolo de segurança executado pelos organizadores para realizar as disputas no contexto da pandemia de Covid-19. O outro ponto de isolamento é o hotel oficial que hospeda atletas, técnicos e staff. 


“A gente chegou e ficou em isolamento até sair o resultado do teste que a gente fez em Budapeste. Não podemos ter contato nenhum com o mundo exterior, nem para pedir delivery no hotel, para ir ao mercado. Não pode sair pra nada. E, se sairmos dessa bolha, a seleção inteira é desclassificada. Então, vamos ficar aqui no hotel e só sair pro ginásio no dia da competição”, explicou o meio-leve Willian Lima, que estará em ação nesta sexta. 


O Brasil terá ainda outros 13 judocas lutando no decorrer do final de semana em busca dos mil pontos no ranking mundial classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021.


Para conferir as chaves, clique aqui.


Foto: EJU

Nenhum comentário:

Postar um comentário