Campeã mundial dos 400m rosas, Salwa Eid Naser é inocentada após suspeita de violação da regra antidoping - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Campeã mundial dos 400m rosas, Salwa Eid Naser é inocentada após suspeita de violação da regra antidoping

Compartilhe

A velocista bareinita Salwa Eid Naser, campeã mundial dos 400 metros rasos em 2019, foi inocentada nesta terça-feira (20), pelo Tribunal Disciplinar Mundial de Atletismo, após ser acusada de violar regras antidoping. Na ocasião, foram registradas quatro falhas de localização durante tentativas de realização de testes antidoping. 

A corredora de 22 anos estava cumprindo suspensão provisória desde junho deste ano, por determinação da Unidade de Integridade do Atletismo (AIU). 

De acordo com as regras antidoping da World Athletics, um atleta não pode ter três ou mais falhas na comprovação de sua localização em tentativas de realização de testes em um período de 12 meses. 

Caso isso ocorra, o atleta será punido por infração das regras, podendo encarar uma suspensão de no mínimo um ano, sempre tendo seu grau de culpa avaliado por uma comissão. 

Segundo acusações da AIU, Naser obteve uma falha de arquivamento de teste em 1º de janeiro de 2019 e dois testes perdidos em 12 de março do ano passado e 24 de janeiro deste ano. A quarta infração, referente a um teste supostamente perdido no dia 12 de abril de 2019, foi rejeitada pelo tribunal. 

Portanto, o espaço entre a primeira falha (1° de janeiro de 2019) e a terceira falha (24 de janeiro de 2020), apresentam um espaço de tempo superior aos 12 meses previstos na regra para que elas seja passíveis de punição. Desta forma a atleta foi inocentada pelo tribunal. 

"Este foi um caso muito no limite e esperamos que a atleta aprenda com a experiência e as advertências da AIU", disse o tribunal em um comunicado. 

Foto: Reprodução/Sky Sports

Nenhum comentário:

Postar um comentário