Alexander Zverev nega acusações de violência doméstica - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Alexander Zverev nega acusações de violência doméstica

Compartilhe

O tenista alemão Alexander Zverev negou as acusações de violência doméstica proferidas por sua ex-namorada Olga Sharypova durante uma entrevista para o site esportivo russo Championat na última quinta-feira (29). A russa, disse que Zverev tentou estrangulá-la com um travesseiro, além de bater sua cabeça contra a parede, dentro de um hotel em Nova York, antes do Aberto dos Estados Unidos de 2019. 

Zverev se pronunciou sobre a entrevista de Sharypova em sua conta no Twitter, negando as acusações de agressão.

“Lamento muito que ela faça tais declarações. Porque as acusações simplesmente não são verdadeiras”, escreveu o finalista do US Open deste ano. 

“Tínhamos um relacionamento, mas acabou há muito tempo. Porque Olga está fazendo essas acusações agora, simplesmente não sei. Eu realmente espero que nós dois encontremos uma maneira de lidar um com o outro novamente de uma forma razoável e respeitosa", disse o tenista atual número 7 do mundo na postagem.

Ele aproveitou ainda para comentar sobre sua paternidade, já que recentemente sua também ex-namorada, Brenda Patea, anunciou que está grávida. 

"Eu vou ser pai com 23 anos e eu estou realmente animado com essa criança. Apesar de eu e Brenda não estarmos mais juntos, temos um bom relacionamento e eu vou cumprir minhas obrigações como pai. Juntos vamos tomar conta dessa pessoinha que está crescendo", disse o tenista.

Porém, de acordo com o site especializado em tênis, Bola Amarela, aproximadamente 120 pessoas assinaram uma petição para que ele seja suspenso do circuito ATP devido às acusações de violência doméstica. 

Foto: P. Lahalle/L'equipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário