Torneio 'King of the Court' de vôlei de praia começa na quarta com medalhistas olímpicos e participação brasileira - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Torneio 'King of the Court' de vôlei de praia começa na quarta com medalhistas olímpicos e participação brasileira

Compartilhe

Começa nesta quarta-feira (09) a edição de 2020 do King of the Court, torneio amistoso de vôlei de praia que reúne algumas das melhores duplas do Circuito Mundial. As disputas ocorrerão na cidade de Utrecht, nos Países Baixos, e irão até sábado, dia 12.

O evento possui um formato diferente das demais competições da modalidade. Em vez de um duelo entre duas duplas em melhor de três sets, como ocorre na grande maioria dos campeonatos de vôlei de praia, o King of the Court coloca frente à frente cinco equipes, que se revezam em quadra a cada ponto. 

A dupla vencedora de um rally continua em um dos lados da quadra, denominado "Lado Rei", e a perdedora volta para o banco. Caso uma dupla que venha do banco derrote o time que ocupa o Lado Rei, assumirá o seu lugar. Apenas quem estiver do Lado Rei pontua. Na primeira e na segunda etapas de cada partida, a dupla com menos pontos ao final de 15 minutos será eliminada. Na última etapa, com três duplas no páreo, a parceria com mais pontos em 15 minutos - ou que chegar a 15 pontos primeiro - será declarada campeã.

Ao todo, quarenta duplas participarão do evento. Ágatha (prata nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016) e Duda serão a única parceria brasileira em Utrecht, já tendo competido na primeira edição do torneio, em 2018. Inicialmente inscritas, Ana Patrícia/Rebecca optaram por desistir da disputa. 

"Vai ser muito legal ter a oportunidade de jogar uma competição em um formato diferente", disse Ágatha ao site oficial do King of the Court. "Acho que o clima do torneio será competitivo, mas também muito divertido. Será maravilhoso para as pessoas que amam esse esporte verem seus ídolos em ação de uma forma diferente".

Ágatha/Duda em entrevista na etapa de Waikiki do King of the Court de 2018 (Foto: Reprodução/King of the Court)

Além das atletas do Brasil, o torneio feminino também contará com a atual campeã olímpica, a alemã Laura Ludwig, que jogará ao lado de Margareta Kozuch. A norte-americana April Ross, prata em Londres 2012 e bronze na Rio 2016, também está entre as atletas relacionadas e terá Emily Day como dupla.

Já entre os homens, destaque para dois times que medalharam na última edição do Campeonato Mundial de Vôlei de Praia, disputada em Hamburgo, na Alemanha, em 2019: os alemães Julius Thole e Clemens Wickler foram prata, enquanto os noruegueses Anders Mol e Christian Sorum levaram o bronze. Os atuais campeões mundiais, Krasilnikov/Stoyanovskyi, da Rússia, não estarão nos Países Baixos.

Para receber o torneio em 2020, um estádio com estrutura especial foi erguido na praça de Jaarbeursplein, garantindo que as regras de distanciamento social possam ser seguidas pelos torcedores. Todo a arena consiste em pequenas salas, conhecidas como skyboxes, constituídas por materiais de construção, e que isolarão os grupos de fãs nas arquibancadas. As skyboxes estarão disponíveis para de duas a dez pessoas e deverão ser reservadas com antecedência.

Na imagem, o projeto da arena construída em Utrecht, com salas nas arquibancadas para a segurança dos espectadores (Imagem: Reprodução/King of the Court)

A primeira edição do King of the Court foi disputada em 2018, com eventos em quatro cidades diferentes: Huntington Beach e Waikiki, nos Estados Unidos; Antuérpia, na Bélgica; e Utrecht, nos Países Baixos, que receberá novamente o torneio em 2020. Na ocasião, os brasileiros Bruno Schmidt e Pedro Solberg chegaram a vencer a etapa masculina da Antuérpia. Já Ágatha e Duda foram as únicas representantes do Brasil nos eventos femininos, chegando à final nos dois torneios em solo estadunidense.

Foto: Reprodução/King of the Court

Nenhum comentário:

Postar um comentário