Njeim busca representar o Líbano em Tóquio 2020 e contar boas histórias do país ao mundo - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Njeim busca representar o Líbano em Tóquio 2020 e contar boas histórias do país ao mundo

Compartilhe

Chirine Njeim espera disputar os quintos Jogos Olímpicos de Tóquio para contar histórias positivas sobre o Líbano. O país do Oriente Médio recebeu atenção global no mês passado, após uma grande explosão em Beirute.

Acredita-se que a explosão de 4 de agosto tenha sido causada por um estoque de nitrato de amônio em um depósito. Pelo menos 200 pessoas morreram, com mais de 5.000 feridos. Mais de 250.000 pessoas ficaram desabrigadas.

Njeim disse à CNN que a explosão a deixou "muito desamparada", com as consequências destacando os problemas políticos e financeiros existentes no país. A atleta de Chicago diz que espera se classificar para representar o Líbano na maratona das Olimpíadas de Tóquio 2020, adiadas, no ano que vem.

"Mais do que nunca, sinto que estou orgulhosa de ser libanesa porque somos pessoas que se levantarão, seguiremos em frente", disse ela à CNN. "Não importa o quão forte sejamos atingidos, vamos nos levantar. Estou mais do que animado para, se as Olimpíadas acontecerem, representar o Líbano.

“E este será muito especial porque quero que as pessoas ouçam sobre o Líbano" comentou. "Quero que saibam que não é um lugar onde cada vez que você pensa no Líbano, pensa em guerra ou terrorismo, é um lugar lindo.

“Temos de tudo lá: terras, gente, comida e é um lugar tão legal. “Eu realmente espero poder representar o Líbano dessa forma. “Para mim, não se trata de estar em uma Olimpíada, trata-se de representar o meu país e falar às pessoas sobre este lindo país.

"Não estarei vencendo a maratona, mas estarei lá representando o Líbano e para mim que é a vitória." Njeim representou seu país em quatro Jogos Olímpicos até o momento, com suas três primeiras participações nos Jogos de Inverno.

Ela carregou a bandeira do Líbano em Salt Lake City 2002, onde competiu no esqui alpino e também competiu em Torino 2006 e Vancouver 2010. A jovem de 35 anos também se classificou então para representar o país na maratona feminina do Rio 2016.

Foto: CNN

Nenhum comentário:

Postar um comentário