NBB define os clubes que disputarão a temporada 2020/2021 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

NBB define os clubes que disputarão a temporada 2020/2021

Compartilhe

Na sexta-feira (dia 11/09), o Conselho de Administração da Liga Nacional de Basquete (LNB) aprovou a entrada de mais um clube: o Cerrado Basquete (DF). Dessa maneira, a 13ª edição do Novo Basquete Brasil (NBB) manterá o número de 16 equipes na disputa.

O Cerrado será o segundo time do Distrito Federal na nova temporada ao lado do Brasília Basquete. O time candango pleiteou por uma das vagas na competição após ter disputado as duas últimas edições da Liga Ouro.

Comprovando todas as exigências necessárias para a participação no NBB, a equipe foi aprovada pelos clubes que formam o Conselho de Administração e pelos representantes da Associação de Atletas Profissionais de Basquete (AAPB).

"É uma alegria imensa definir a nova temporada do NBB com as mesmas 16 equipes, principalmente, após uma pandemia que colocou muitas dúvidas no cenário esportivo brasileiro", afirmou o presidente da LNB, Nilo Guimarães. "Quero aproveitar para parabenizar o Cerrado, que apresentou um projeto sólido e que vem sendo construído nos últimos anos, principalmente com as participações na Liga Ouro recentes", completou.

Na última terça-feira (dia 08/09), o Conselho já havia aprovado 15 equipes para a disputa da próxima temporada: Basquete Cearense (CE), Bauru Basket (SP), Brasília Basquete (DF), Campo Mourão Basquete (PR), Caxias do Sul Basquete (RS), C.A. Paulistano (SP), C.R. Flamengo (RJ), E.C. Pinheiros (SP), Minas Tênis Clube (MG), Mogi Basquete (SP), Pato Basquete (PR), São Paulo F.C. (SP), Sesi Franca (SP), S.C. Corinthians (SP) e Unifacisa (PB).

Para este último encontro, quatro equipes ainda buscavam a participação na 13a edição do NBB. Dois clubes associados e que disputaram o NBB passado, Rio Claro Basquete (SP) e Botafogo (RJ) não vão disputar a próxima temporada, mas manterão suas respectivas associações com a Liga.

Assim como o São José Basketball (SP) fez na última terça-feira, o time de Rio Claro optou por não participar do campeonato nacional e pediu o afastamento da equipe durante a reunião desta sexta. Já o clube carioca não conseguiu cumprir com todas as exigências necessárias e, assim, passou pela votação dos clubes membros do Conselho de Administração e dos representantes da Associação dos Atletas, que votaram pelo licenciamento do Botafogo a partir desta temporada.

Dessa maneira, Botafogo, Rio Claro e São José já podem retornar para a disputa da temporada 2021/2022 do NBB, caso cumpram com todas as solicitações do regulamento da competição vigente. O Estatuto da LNB prevê que essa licença pode durar até dois anos.

Além do Cerrado Basquete, outra equipe não-associada, o Joinville Blackstar (SC), também pleiteava por uma vaga no NBB. No entanto, a equipe catarinense não cumpriu com as comprovações financeiras para adquirir o direito associativo para a disputa do NBB.

Com as equipes confirmadas, o número de territórios brasileiros representados na competição será o mesmo da temporada anterior com sete estados (Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo) mais o Distrito Federal, agora, com duas equipes.

Os 16 clubes farão uma nova reunião na próxima terça-feira (dia 15/09) para definirem os detalhes do modelo de disputa para a próxima temporada.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário