França sediará evento esportivo para pessoas com deficiência intelectual em 2023 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

França sediará evento esportivo para pessoas com deficiência intelectual em 2023

Compartilhe

A cidade francesa de Vichy receberá em 2023 a sexta edição dos Jogos Globais Virtus, o evento máximo para atletas com deficiência intelectual. A competição foi realizada pela primeira vez na Suécia, em 1989 e posteriormente foi adaptada especificamente para ser disputada a cada quatro anos, no ano anterior aos Jogos Paraolímpicos.

Vichy é uma cidade com cerca de 60 mil habitantes, na região central do país. O anúncio da vitória de sua candidatura foi revelado na última segunda-feira (7), pela Virtus (organização anteriormente conhecida como Federação Internacional do Esporte para Pessoas com Deficiência Intelectual). Vale lembrar que em 2024, Paris, capital da França, receberá os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. 

O Jogos Globais Virtus de 2023 serão realizados entre os dias 4 e 10 de junho e contarão com aproximadamente mil atletas, disputando 10 modalidades. Diversos esportistas presentes neste evento deverão marcar presença nos Jogos Paralímpicos também. 

O presidente da Virtus, Marc Truffaut, parabenizou a Federação Francesa de Esporte Adaptado (FFSA) por ter conquistado o direito de sediar o evento.

"O Virtus Global Games é um evento no qual todos os nossos atletas e suas famílias desejam se envolver", disse Truffaut. "Ele apoia nosso esforço em direção à inclusão esportiva em um cenário global, onde podemos desafiar percepções e mudar atitudes". 

Já a líder do Comitê Organizador, Esther Nomme, revelou que deseja criar um legado para a sexta edição da competição. 

"É uma honra fazer parte deste evento e estou animada com minha nova função, trabalhando com a equipe para construir memórias e legados para a cidade, o esporte e, principalmente, para os atletas", afirmou Nomme.

"Assim como os atletas de qualquer evento esportivo internacional de alto desempenho, os atletas da Virtus treinam e se preparam para competir no seu melhor, marcando recordes mundiais e recordes pessoais, para mostrar seus talentos e quebrar percepções sobre deficiência intelectual". 

Foto: Reprodução




Nenhum comentário:

Postar um comentário