Ex-assistente técnico dos EUA assume comando da seleção australiana de futebol feminino - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ex-assistente técnico dos EUA assume comando da seleção australiana de futebol feminino

Compartilhe

 


O ex-assistente técnico dos EUA, Tony Gustavsson, foi escolhido para comandar a seleção da Austrália de futebol feminino. Na última terça-feira (29), o treinador assinou um contrato de quatro anos com a equipe da Oceania, o que lhe dará a oportunidade de liderar as australianas na disputa da Copa do Mundo de 2023, na qual o país será anfritrião, ao lado da Nova Zelândia. 


O sueco de 47 anos foi assistente da também ex-treinadora dos EUA, Jill Ellis, entre 2014 e 2019, com as americanas vencendo os Mundiais de  2015 e 2019.


Anteriormente, Gustavsson foi assistente de Pia Sundhage (atual técnica da seleção brasileira) participando da conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Ainda em 2012 ele tornou-se técnico do clube sueco Tyreso FF, permanecerndo no comando da equipe até 2014, levando o time à final da Liga dos Campeões Feminina. 


“Eu sempre disse que as Matildas (apelido da seleção australiana de futebol feminino) têm potencial para ser uma das melhores equipes do mundo e esse é um dos motivos pelos quais eu queria embarcar nesse trabalho”, disse Gustavsson.


“Já estive na panela de pressão muitas vezes e em ambientes que exigem sucesso. Essas experiências serão benéficas ao fazermos isso junto com os fãs, as partes interessadas, as jogadores e a equipe como um time”, ressaltou. 


Além da Copa do Mundo de 2023, a seleção da Austrália deverá disputar outros dois torneios nos próximos anos: as Olimpíadas de Tóquio, em 2021 e a Copa Asiática de 2022. 


Foto: Sportsfile

Nenhum comentário:

Postar um comentário