Comitê Olímpico da Indonésia oferece ajuda aos organizadores de Tóquio 2020 após renúncia do primeiro-ministro japonês - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Comitê Olímpico da Indonésia oferece ajuda aos organizadores de Tóquio 2020 após renúncia do primeiro-ministro japonês

Compartilhe

O presidente do Comitê Olímpico da Indonésia, Raja Sapta Oktohari, escreveu ao organizadores de Tóquio 20202 oferecendo assistência para a realização dos Jogos Olímpicos, no próximo ano. A decisão de oferecer apoio veio após a renúncia do primeiro-ministro japonês Shinzō Abe.

Abe deixou o cargo de primeiro-ministro na semana passada, alegando problemas de saúde. O idoso de 65 anos, que sofre de colite ulcerosa, deve receber um novo e mais prolongado tratamento. O Partido Liberal Democrata do Japão deve votar no sucessor de Abe em 14 de setembro.

Oktohari se comprometeu a apoiar o Japão enquanto o país se prepara para as primeiras Olimpíadas e Paraolimpíadas remarcadas, depois que o coronavírus forçou o adiamento dos Jogos para 2021. "Esperamos que a demissão do primeiro-ministro Shinzō Abe não atrapalhe a preparação das Olimpíadas", disse Oktohari, de acordo com a agência de notícias Xinhua .

"Enviaremos uma carta pedindo que tipo de assistência podemos oferecer ao Japão após a renúncia." As Olimpíadas remarcadas devem ocorrer de 23 de julho a 8 de agosto do próximo ano, seguidas pelas Paraolimpíadas de 24 de agosto a 5 de setembro.

Se os Jogos acontecerem como planejado, Oktohari previu que a Indonésia, que está planejando uma candidatura para os Jogos de 2032, pode ter sucesso no levantamento de pesos.

Ele destacou o progresso feito pelos levantadores de peso indonésios na preparação para os Jogos, incluindo o recorde mundial de arremesso limpo de Eko Yuli Irawan de 174 kg no evento masculino de 61 kg, que aconteceu no Campeonato Mundial de 2018.

"Durante o teste do progresso de suas capacidades, os levantadores não só foram capazes de quebrar um recorde nacional, mas também um recorde mundial", disse Oktohari. "Se isso puder ser mantido, estou confiante de que eles levaram as medalhas de ouro em Tóquio."

O levantamento de pesos tem sido a principal fonte de medalhas da Indonésia nas últimas três Olimpíadas. Três medalhas de bronze foram conquistadas pelo país em Pequim 2008, antes de duas medalhas de prata e um bronze em Londres 2012.

A Indonésia ganhou três medalhas no total no Rio 2016, com o levantamento de pesos, incluindo duas pratas. Irawan ganhou medalhas nos três Jogos, ganhando prata no Rio 2016, depois do bronze em Pequim 2008 e Londres 2012.

Foto: Akurat

Nenhum comentário:

Postar um comentário