Calendário internacional do tênis de mesa reabre em novembro com Copas do Mundo e Finals - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Calendário internacional do tênis de mesa reabre em novembro com Copas do Mundo e Finals

Compartilhe

Depois de muita espera, o tênis de mesa está de volta ao cenário mundial. A Federação Internacional da modalidade (ITTF) anunciou nesta sexta-feira (04) o retorno das competições internacionais para novembro, após longa paralisação causada pela pandemia do coronavírus. Como destaques, três grandes eventos serão organizados: as Copas do Mundo (Feminina e Masculina) e o ITTF Finals.

A princípio, estão programadas uma série de eventos regionais, que de acordo com a ITTF, visam garantir uma transição segura dos jogadores do ambiente nacional para o internacional. Para garantir a segurança dos atletas, os torneios serão realizados em "bolhas" sanitárias, assim como tem ocorrido nas principais competições mundiais. 

“Garantir um retorno seguro ao tênis de mesa internacional tem sido nossa maior prioridade desde o início da pandemia e, portanto, estou muito satisfeito que, com o apoio fantástico e trabalho árduo realizado por todos na ITTF ao longo de vários meses, tenhamos conseguido eventos voltam a funcionar antes do final de 2020", disse o presidente da ITTF, Thomas Weikert.

O calendário detalhado dos torneios "regionais" ainda não foi definido, mas é certo que três grandes eventos serão os "carros-chefes" e marcarão os retornos das grandes estrelas do tênis de mesa: a Copa do Mundo Feminina, a Copa do Mundo Masculina e o ITTF Finals, todos com sede da China, em cidade a ser definida.

A Copa do Mundo Feminina dará o pontapé inicial, sendo realizada de 8 a 10 de novembro. A Copa Masculina acontecerá logo na sequência, de 13 a 15 de novembro. Cada uma das competições reunirá 20 participantes, envolvendo campeão mundial, campeões continentais (África, América e Europa) e melhores do ranking (Ásia e Oceania), havendo um limite de dois atletas por nação.

Já o ITTF Finals encerra o calendário, com previsão para acontecer de 10 a 13 de dezembro, mas tais datas ainda estão sujeitas a alteração. Para este torneio, os 16 melhores do ranking mundial de cada um dos naipes participarão, havendo um limite de quatro atletas por país. Os rankings mundiais, aliás, suspensos desde março, serão descongelados com o reinício das atividades.

De acordo com os critérios, Hugo Calderano está apto a competir nos dois torneios. Ele foi campeão pan-americano no início deste ano, batendo Gustavo Tsuboi na final, e atualmente é o sexto colocado do ranking mundial. Tsuboi também deve competir na Copa do Mundo, por ter sido vice da Copa Pan-Americana. A lista final de inscritos, no entanto, só será divulgada mais adiante.

Os três "carros-chefe" da ITTF só serão realizados na China graças ao apoio da Associação Chinesa de Tênis de Mesa (CTTA), uma vez que o país proibiu todas as competições esportivas internacionais em seu território até o final do ano.

"Estamos trabalhando de perto sob a orientação e em cooperação com as autoridades relevantes na China e fazendo todo o possível para tornar os eventos um sucesso retumbante e para manter os jogadores seguros ao mesmo tempo", afirmou o presidente da CTTA, Liu Guoliang.

Foto de capa: Alexandre Loureiro/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário