Atletismo do Brasil tem 28 atletas na Missão Europa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Atletismo do Brasil tem 28 atletas na Missão Europa

Compartilhe

O atletismo brasileiro participa com força da Missão Europa, que está sendo realizado no Rio Maior Sports Centre, em Portugal. A equipe, composta por 28 atletas - 17 homens e 11 mulheres - inicia nesta segunda-feira (7/9) mais uma semana de atividades, agora completa. Para atender às exigências das autoridades portuguesas a equipe de atletismo foi dividida em três grupos, que viajaram desde o dia 18 de agosto, para o camping que segue até 1º de outubro.

Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), em parceria com as Confederações Olímpicas e as autoridades de Portugal, por causa das restrições impostas pela pandemia da COVID-19, o camping tem o principal objetivo de dar suporte à retomada de treinamentos dos atletas, qualificados ou com grandes chances de se qualificarem para Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021.

Os convites feitos aos atletas tiveram os seguintes critérios: atletas com índices olímpicos para Tóquio e finalistas no Mundial de Doha-2019; atletas e equipes de revezamentos classificados até a 12ª colocação do Ranking Mundial e que estejam dentro da cota de suas provas para os Jogos Olímpicos.

Alison Santos, campeão dos 400 m com barreiras no Pan-Americano de Lima e finalista no Mundial de Doha, fez parte do primeiro grupo, que viajou dia 18 de agosto e fica em Rio Mar até 18 de setembro. “A oportunidade de treinar está sendo muito importante. Tenho sonhos altos, mas com os pés no chão”, disse o paulista de 20 anos. “Quero a cada dia ser melhor. Tenho o sonho de ser medalhista olímpico, mas ser medalhista é uma coisa e ser campeão é outra. Tenho o sonho de quebrar o recorde mundial também. Estamos trabalhando nisso, focados. Ter uma meta ajuda a traçar o caminho com mais vontade”, completou o atleta, uma das maiores revelações do País.

Já o saltador Augusto Dutra embarcou para a Europa no último grupo, dia 1º de setembro, e está feliz. “O início dos treinos aqui em Portugal não podia ser melhor. Encontrei uma excelente estrutura para que eu possa fazer os meus treinos de forma prática e muito tranquila, com alimentação balanceada, dormitórios excelentes. Aqui eu encontro tudo o que eu preciso para ter foco total no meu retorno aos treinamentos”, observou Augusto, campeão brasileiro e sul-americano e vice-campeão pan-americano do salto com vara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário