Tenista testa positivo para coronavírus em Palermo, mas organização do torneio mantém evento - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Tenista testa positivo para coronavírus em Palermo, mas organização do torneio mantém evento

Compartilhe

Uma tenista que estava inscrita para o WTA de Palermo, torneio italiano que marca a retomada da temporada 2020 do tênis feminino, testou positivo para coronavírus neste sábado (1°), segundo informações da própria organização. A atleta que ainda não teve o nome revelado, retirou-se do campeonato. 

Porém, mesmo com a infecção de uma das jogadoras, o torneio seguirá sua programação normal, com chave principal do evento sendo disputada a partir do dia 3 de agosto.

A WTA emitiu uma nota explicando a situação e os protocolos médicos utilizados. "Após essas informações, a WTA, em coordenação com o Controle de Infecções do Torneio e junto com seus consultores médicos e especialistas em doenças infecciosas da Clínica Mayo, colocou imediatamente seu plano de resposta em ação”, disse. 

“Qualquer indivíduo que tenha um resultado positivo permanecerá isolado até ser liberado por um médico de acordo com os protocolos estabelecidos, recebendo tratamento médico adequado. Além disso, todos aqueles que podem estar em contato próximo com o indivíduo estão passando por testes de acordo com os protocolos”, acrescentou a entidade do tênis feminino. 

Chave do torneio em simples

Foi revelado também neste sábado a chave principal do WTA de Palermo. O evento contará com a croata Petra Martic como a cabeça de chave número 1, após a desistência da romena Simona Halep do evento.

Martic enfrentará na primeira rodada a belga Alison Van Uytvanck. Outro confronto de destaque será o da grega Maria Sakkari contra a tcheca Kristyna Pliskova. 

O WTA de Palermo será disputado em quadras de saibro. 

Confira a chave completa abaixo. 


Foto: AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário