Rafael Losano confirma qualificação técnica para disputar o CCE no Hipismo nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Rafael Losano confirma qualificação técnica para disputar o CCE no Hipismo nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Compartilhe

O cavaleiro Rafael Losano registrou novo índice olímpico e é o primeiro brasileiro a confirmar a qualificação técnica no Concurso Completo de Equitação no Hipismo para Tóquio 2020. 

No último sábado (22), no Internacional de Concurso Completo - CCI4* de Burgham, na Escócia, Rafael, montando Fuioloda G, zerou no cross-country, com 35 segundos por excesso de tempo, zeraram no salto e somado ao resultado do adestramento com apenas 31.4 pontos perdidos, fecharam a competição com 46,6 pontos perdidos, resultado que confirma a qualificação técnica do conjunto para os Jogos Olimpicos.

Rafael, 22, de Rio Claro no interior paulista, mora na Inglaterra, onde treina e trabalha com o bicampeão olímpico neozelandes Mark Todd, ícone da modalidade. Nos Jogos de Lima, Rafael e Fuiloda G, ao lado de Carlos Paro com Quaiki Quirious, Marcelo Tosi montando Starbucks, Ruy Fonseca e Bally Patrick, Marcio Appel com Iberon JMen (reserva) integrou a equipe medalha de prata garantindo a vaga do país para os Jogos Olímpicos.

Candidatos a uma vaga na equipe brasileira podem registrar índices técnicos entre 1 de janeiro de 2019 e 21 junho de 2021: em um CCI 5*-Longo ou um índice técnico em CCI 4*-Longo e 1 um em CCI4* Curto. Para obter índice técnico é preciso registrar o mínimo de 55% no adestramento, zerar ou 11 pontos nos obstáculos, não mais que 75 segundos de excesso tempo (100 segundos em CCI5*L) e no salto não mais que 16 pontos perdidos. Rafael Losano com Fuiloda G já havia computado dois índices técnicos um Internacional 4* formato Curto e Internacional 4* formato Longo, na Itália, em dezembro de 2019.

Foto: Diuvlgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário