Bicampeão olímpico, norueguês é flagrado com cocaína em casa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bicampeão olímpico, norueguês é flagrado com cocaína em casa

Compartilhe

O norueguês Petter Northug, medalhista de ouro olímpico de cross-country, pediu desculpas depois que a polícia encontrou cocaína em sua casa. Northug, vencedor dos 50 quilômetros clássicos e do sprint da equipe em Vancouver 2010, foi parado por quando dirigia em alta velocidade, suspeito de estar sob o efeito de drogas.

O aposentado de 34 anos estava voltando para casa da Trysil Summer Ski School na quinta-feira (13 de agosto) quando foi pego dirigindo a 168 km/hpor hora na E6, a principal rodovia da Noruega entre Oslo e Trondheim, em seu Jaguar Tipo F. O limite de velocidade é 110 km/h.

A polícia suspeitou que ele estava dirigindo sob a influência de drogas, então coletou amostras de sangue. Mais tarde, a casa de Northug foi revistada, onde a cocaína foi encontrada e apreendida.

Foi o próprio Northug quem admitiu a ofensa em sua conta do Instagram. Ele escreveu: "Cometi um grande erro. Ontem à noite fui parado pela polícia por excesso de velocidade. Eu dirigi muito rápido e também fui levado ao pronto-socorro para fazer um exame de sangue. Além disso, a polícia encontrou uma pequena quantidade de drogas em minha casa."

"É cocaína. Estou desesperado e com medo do que o futuro trará, e muito triste por todos aqueles que desapontei novamente. Eu sei que agora vai ser um caso criminal. Então, assumirei a responsabilidade pelo que fiz", concluiu.

A polícia norueguesa confirmou o caso em sua própria conta no Twitter esta manhã. Eles se recusaram a dar detalhes além de confirmar "que ele [Northug] dirigiu muito rápido e que há suspeita de dirigir sob o efeito de drogas".

Além de ganhar quatro medalhas olímpicas, incluindo uma prata no revezamento 4x10 quilômetros e bronze no sprint individual em Vancouver 2010, Northug também conquistou 13 títulos do Campeonato Mundial.

Entretanto, esta não é a primeira vez que ele se envolve em um incidente relacionado ao trânsito. Em 2014, Northug bateu com o carro em Trondheim e fugiu do local. Posteriormente, ele foi condenado por dirigir alcoolizado, cumprindo 50 dias de prisão e perdendo a carteira de motorista por cinco anos.

Foto: Stanko Gruden/Agence Zoom

Nenhum comentário:

Postar um comentário