Nick Kyrgios desiste de disputar o US Open - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Nick Kyrgios desiste de disputar o US Open

Compartilhe

O tenista australiano Nick Kyrgios anunciou sua desistência do US Open. Ele segue os passos da compatriota Ashleigh Barty, número 1 do mundo no tênis feminino que também desistiu do Major estadunidense.

"Não jogarei este ano no US Open", disse Kyrgios em um vídeo nas redes sociais. “Dói-me muito não estar lá competindo em uma das maiores arenas do esporte, o Arthur Ashe Stadium". 

“Mas estou defendendo as pessoas, os meus australianos, as centenas e milhares de americanos que perderam a vida por todos vocês. A decisão é minha", disparou. 


Atualmente na 40ª posição no ranking mundial da ATP, o atleta de 25 anos ponderou, afirmando que algumas pessoas realmente precisam que o torneio seja realizado, como os funcionários do torneio, como faxineiros, roupeiros, além dos restaurantes. 

Mas Kyrgios novamente não poupou os colegas de profissão que frequentemente estiveram envolvidos em polêmicas durante a pandemia, como o atual número 1, Novak Djokovic, além de Borna Coric e Grigor Dimitrov, que participaram do Adria Tour, evento cancelado após diversos jogadores testarem positivo para coronavírus. 

"Tenistas, vocês precisam agir no interesse um do outro e trabalhar juntos", acrescentou Kyrgios. “Você não pode estar dançando em mesas, pegando dinheiro pela Europa ou tentando ganhar dinheiro rapidamente hospedando uma exposição. Isso é tão egoísta", declarou. 

"Pense nas outras pessoas pela primeira vez, é sobre isso que trata esse vírus". 

Foto: Charles Krupa/AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário