Maratona de Amsterdã é cancelada após aumento no número de casos de coronavírus - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Maratona de Amsterdã é cancelada após aumento no número de casos de coronavírus

Compartilhe

A pandemia de coronavírus segue encolhendo o calendário mundial de atletismo. Dessa vez a Maratona de Amsterdã foi cancelada por conta do aumento no número de casos da doença na capital dos Países Baixos. Essa seria a 45ª edição da corrida que tem selo da World Athletics Platinum, sendo uma das principais provas do mundo na modalidade. 

A corrida estava sendo programada para o dia 18 de outubro, mas os organizadores optaram pelo cancelamento. A última vez que os Países Baixos registraram menos de 400 pessoas infectadas por dia pelo coronavírus, foi em 4 de agosto. 

"É extremamente lamentável que tenhamos cancelado a TCS Amsterdam Marathon devido à crise do coronavírus", disse Ron van der Jagt, diretor administrativo do organizador da corrida. 

“A saúde pública é sempre a nossa prioridade, e é por isso que nada mais queríamos do que permitir que a maratona TCS de Amsterdã acontecesse de forma segura e responsável com uma edição modificada este ano", revelou.

"No entanto, o desenvolvimento da pandemia nas últimas semanas, tanto na Holanda como fora dela, impossibilitou o avanço desta edição".

Todos aqueles que se inscreveram para a prova neste ano, poderão participar em 2021. 

Também marcada para 18 de outubro, a Maratona de Paris teve o mesmo destino que o evento de Amsterdã e foi cancelada. Quatro das maiores maratonas mundiais deste ano (Boston, Berlim, Nova York e Chicago) também foram canceladas por causa da pandemia.

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário