Líder do ranking mundial, Tai Tzu-ying pode se aposentar do badminton após Tóquio 2020 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Líder do ranking mundial, Tai Tzu-ying pode se aposentar do badminton após Tóquio 2020

Compartilhe


Atual número um do mundo no badminton, Tai Tzu-ying sugeriu que pode se aposentar após as Olimpíadas de Tóquio, depois que o evento foi transferido para 2021. Segundo o site InsidetheGames, A jogadora de Taiwan disse que planeja competir no esporte por mais uma temporada, apesar de ter apenas 26 anos.

"Vou jogar até ao final da próxima temporada antes de rever a decisão", disse a atleta em entrevista à Federação Internacional de Badminton (BWF). "A partir de agora, quero terminar o calendário da próxima temporada. Sem competição em andamento agora, isso significa que há menos exposição na mídia - espero que as pessoas não se esqueçam de mim!"

Tai Tzu-ying assumiu o topo do ranking mundial pela primeira vez em dezembro de 2016. Desde então, oscilou entre as quatro primeiras colocações, tendo reconquistado o posto de número um pela última vez em março deste ano. Apesar da posição, a taiwanesa ainda não ganhou nenhum dos dois maiores torneios da modalidade: as Olimpíadas e o Campeonato Mundial.

Na busca pelo primeiro título nessas competições, a campeã dos Jogos Asiáticos de 2018 acrescentou que o adiamento das Olimpíadas deu a ela a oportunidade de se recuperar e se preparar com eficácia para a próxima temporada.

"Posso usar esse tempo como um período de descanso porque tem sido um calendário longo e apertado de competição de alto nível", disse Tai, bicampeã asiática que também venceu as finais do World Tour duas vezes. "É um bom momento para descansar e ter ainda mais tempo para me preparar para as Olimpíadas."

Surte + Guia dos Sistemas Qualificatórios Olímpicos Atualizados - Badminton

Foto: Reprodução/Badminton Photo

Nenhum comentário:

Postar um comentário