Damiris brilha com 19 pontos e Minnesota Lynx bate Phoenix Mercury na WNBA - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Damiris brilha com 19 pontos e Minnesota Lynx bate Phoenix Mercury na WNBA

Compartilhe

A brasileira Damiris Dantas e sua equipe, o Minnesota Lynx, seguem em boa fase na WNBA. Na madrugada deste sábado (22), a ala-pivô foi destaque na vitória do time sobre o Phoenix Mercury, por 90 a 80, anotando 19 pontos, seis rebotes e três assistências. O Lynx chegou ao terceiro triunfo consecutivo e segue na quarta colocação geral da liga.

Assim como nos demais jogos, Damiris demonstrou versatilidade nos quase 33 minutos em que esteve em quadra. Ela começou a partida atuando de pivô - ainda suprindo a ausência de Sylvia Fowles, com uma lesão na panturrilha -, mas em alguns momentos migrou para a ala. Em outros pontos, fez uma parceria de sucesso com Napheesa Collier, contribuindo com passes e bloqueios.

Como prova do bom desempenho, a brasileira encerrou o primeiro tempo com 100% de aproveitamento nos arremessos de quadra (5/5). Ela fez 13 pontos nos 20 minutos iniciais, sendo quatro bolas de dois e uma bola de três, além de duas conversões de lances livres. Apesar da alta pontuação, ela encerrou os dois primeiros períodos com assistências e rebotes zerados.


Mesmo tendo efetividade no ataque, o Lynx não estava tendo vida fácil. O primeiro quarto foi intenso e com diversas alternâncias no placar e a equipe terminou com 26 a 24 de frente. O segundo quarto manteve essa tendência e permaneceu equilibrado, até que na reta final o Minnesota conseguiu desandar uma parcial de 12 a 0, abriu uma frente e foi para os vestiários com 51 a 42 a seu favor.

Com a mesma postura que encerrou o primeiro tempo, o Lynx voltou bem para o terceiro período. Foi nesse momento que a entrosada dupla Damiris e Collier funcionou e manteve a larga vantagem no placar para a equipe (68 a 59). Na reta final do jogo, o Mercury esboçava uma reação com as bolas de três de Skylar Diggins-Smith caindo, mas o Lynx soube administrar o placar e sacramentou a vitória.

Candidata à MVP da temporada, Napheesa Collier encerrou o jogo com 20 pontos, nove rebotes e seis assistências. Crystal Dangerfield, que brilhou na partida passada, também fez 19 pontos, assim como Damiris. Pelo lado do Mercury, a ala Bria Hartley anotou 24 pontos, enquanto Skylar Diggins-Smith fez 21.

O Minnesota chegou à nona vitória na WNBA, a terceira consecutiva. A equipe permanece na quarta colocação geral da liga, com o mesmo retrospecto (9-3) de Las Vegas Aces e Los Angeles Sparks, que estão a sua frente. Mesmo derrotado na última quinta, o Seattle Storm segue na liderança (11-2). O Mercury é o sexto (6-7).

O próximo jogo da equipe de Damiris Dantas é no próximo domingo, às 18h, contra o Atlanta Dream, time com a segunda pior campanha da liga, com apenas duas vitórias em 13 jogos. Vale lembrar que todos os jogos estão acontecendo em Bradenton, na Flórida, numa bolha sanitária criada pela WNBA para garantir a segurança dos envolvidos em meio à pandemia do coronavírus.

Prorrogação na WNBA
Uma curiosidade que marcou os jogos desta sexta-feira foi que, depois de 28 dias de temporada regular, a WNBA finalmente teve um jogo com prorrogação. E na falta de um, vieram logo dois. O Los Angeles Sparks derrotou o Atlanta Dream, por 89 a 83, e o Dallas Wings passou pelo Washington Mystics, por 101 a 92. Até esta sexta, 72 jogos haviam sido decididos no tempo regulamentar.

Foto de capa: Divulgação/WNBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário