Campeão mundial, ex-judoca Luciano Correa deixa o Minas Tênis após 20 anos - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Campeão mundial, ex-judoca Luciano Correa deixa o Minas Tênis após 20 anos

Compartilhe

Após 20 anos de história e uma gigantesca coleção de medalhas, o judoca Luciano Corrêa se despediu do Minas Tênis Clube e da Federação Mineira de Judô para ficar mais perto de sua família. Atualmente atuando como treinador, Luciano foi atleta do clube de 2000 a 2017, período no qual construiu uma brilhante carreira como judoca, onde se consagrou campeão mundial e bicampeão Pan-Americano. Porém, na segunda-feira, 27, o ex-atleta atleta anunciou publicamente o fim de sua passagem na equipe mineira, por meio de uma carta aberta em seu Instagram.

Representante do Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e Londres 2012, Luciano encerrou sua carreira nos tatames em 2017, quando passou a atuar como técnico da equipe Sub-18 e assistente técnico da equipe principal do Minas.

“O clube me abraçou, acreditou no meu potencial, me forneceu estrutura e juntos conquistamos muitas coisas. Conquistamos também a capacidade de cair e levantar. No minas tênis clube ingressei na seleção brasileira, me tornei medalhista em campeonato mundial, perdi um grande amor na minha vida, recebi afeto de tantas pessoas, lutamos juntos e conquistamos o título no mundial de 2007”, relembrou Luciano.

O judoca sairá do clube para se mudar para Recife, local em que sua esposa mora com seu filho. Ele é casado com a nadadora Joanna Maranhão, que é atualmente gerente de esporte da prefeitura da capital de Pernambuco.

“Só mesmo o judô pra me fazer morar longe de minha família, era preciso um objetivo muito grande e o Minas me proporcionou isso. Sou uma pessoa muito ligada à família e é por ela que, hoje, infelizmente, sou obrigado a me despedir do Minas”, esclareceu Luciano.

Foto: Minas Tênis Clube

Nenhum comentário:

Postar um comentário