Atleta iraniano do Wrestling é condenado a morte duas vezes por protestos em 2018 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Atleta iraniano do Wrestling é condenado a morte duas vezes por protestos em 2018

Compartilhe

O Irã confirmou no último sábado (29) que o wrestler local Navid Afkari foi condenado com duas  sentenças de morte por um tribunal na cidade de Shiraz.

De acordo com a agência de noticias dos ativistas dos Direitos Humanos no Irã (HRANA), Afkari, de 27 anos e que foi preso em agosto de 2018 ao lado de seus irmãos foi condenado por formar um grupo para atuar contra o regime, matar um agente de segurança e participar ativamente de protestos em Shiraz e Kazerun (IRI).

Os motivos dos protestos foi a desvalorização forte da moeda local, o Rial, o que gerou forte reação popular em diversas cidades iranianas, incluindo a capital Teerã.

Além das duas penas de morte, Afkari foi condenado a seis meses de prisão e 74 chibatadas. Penas confirmadas pelo supremo tribunal do país.

Afkari, que também é rebocador que trabalha com gesso, conquistou diversas medalhas em torneios domésticos no Irã.

Os irmãos do wrestler, Vahid e Habib, foram condenados cada um a 54 e 27 anos de prisão respectivamente, além de 74 chibatadas.

Ainda segundo o HRANA, Afkari enviou uma carta em que relatava tortura brutal, como colocar a sua cabeça em sacolas de plástico e colocação de álcool nas narinas para o forçar a confessar os crimes.

Foto: Reprodução/Twitter


Nenhum comentário:

Postar um comentário