Artistas anti-olimpíada exibem peças de protesto em galeria próxima ao estádio olímpico - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Artistas anti-olimpíada exibem peças de protesto em galeria próxima ao estádio olímpico

Compartilhe

A realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio segue sendo tema polêmico no Japão. Dessa vez um grupo de 20 artistas "anti-olimpíadas" exibiram obras de protesto contra a realização do evento no Japão, em uma galeria chamada Toki Art Space, próximo ao novo estádio olímpico. 

Algumas das peças incluíam fotos da cidade de Fukushima, assolada por tsunami e um desastre nuclear em 2011, sugerindo que o governo japonês tivesse ignorado as necessidades de sua população, preferindo concentrar suas forças na candidatura olímpica que seria a vencedora ao derrotar Madri e Istambul.

De acordo com Kay Koyama, organizador da exposição semanal, não é possível realizar a Olimpíada mesmo após seu adiamento por conta da pandemia de coronavírus. 

"Estou certo de que não só nós, mas cada vez mais pessoas duvidam que possamos realizar as Olimpíadas de Tóquio agora. O Governo deve dar prioridade ao combate do coronavírus e à prevenção da perda de vidas humanas", disse.

"Continuaremos pedindo o fim das Olimpíadas", disparou Koyama. 

Já o artista Munemitsu Shimamura pede o cancelamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio alegando que seu legado trará impacto negativo ao meio ambiente do país oriental. 

"Comecei a desenhar esboços por aqui depois que o plano de construção do novo estádio veio à tona", disse Shimamura em entrevista ao portal Kyodo News. 

Uma pesquisa divulgada pela Kyodo News e pela emissora de televisão Tokyo MX no dia 29 de junho revelou que pouco mais que a metade da população do país é contra a realização dos Jogos Olímpicos em 2021, com 27,7% dizendo que desejam o cancelamento definitivo do evento e outros 24% sugerindo o adiamento das Olimpíadas para 2022. 

Foto: Kyodo News

Nenhum comentário:

Postar um comentário