Velocista indiana quer vender carro para pagar despesas com treinos para as Olimpíadas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Velocista indiana quer vender carro para pagar despesas com treinos para as Olimpíadas

Compartilhe

A pandemia de coronavírus ainda afeta muitos atletas que já têm a vaga ou buscam participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para o ano que vem. Uma dessas esportistas que estão passando por problemas é a velocista Dutee Chand, que precisa lidar com a escassez de fundos e planeja vender seu próprio carro para arcar com os gastos dos treinamentos. 

A atleta usou toda a verba disponibilizada pelo governo de seu país e por patrocinadores, já que a grande competição seria há poucas semanas. Com o adiamento olímpico Dutee precisará de mais recursos para  preparar-se da melhor foma, segundo entrevista à agência de noticias ANI.

"O treinamento está indo bem até agora", disse a medalhista de prata nos Jogos Asiáticos de Jacarta nos 100 e 200 metros rasos. "Anteriormente não havia nenhum problema relacionado a fundos para treinamento pois as Olimpíadas já estavam chegando. Agora eu já gastei o dinheiro que os patrocinadores deram e ainda preciso treinar por mais um ano". 

"Preciso encontrar novos patrocinadores, mas por causa do coronavírus, acho difícil. Agora decidi vender meu carro para arrecadar fundos", revelou. 

Dutee foi nomeada ao prêmio Arjuna Award, instituído na Índia em 1961 para reconhecer grandes feitos esportivos de atletas do país. Mesmo assim ela compartilhou sua insatisfação com o momento. 

"O governo não tem dinheiro por causa do coronavírus. Isso afetou todos nós, pois, como não há competições, ninguém está disposto a nos patrocinar. Os tempos são difíceis", disse Dutee. 

De acordo com a corredora, serão necessários entre seis e sete meses para recuperar a forma física após tantos meses de paralisação das atividades por conta da pandemia. 

"Todos aqueles que estavam treinando em albergues foram os mais atingidos. Todos foram impactados pelo coronavírus e agora precisarei de tempo para a preparação e condicionamento físico", declarou a atleta, que voltou aos treinos no fim de maio. 

Foto: Bernat Armangue/AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário