Serena Williams, Natalie Portman e Mia Hamm lideram criação de time de futebol feminino em Los Angeles - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Serena Williams, Natalie Portman e Mia Hamm lideram criação de time de futebol feminino em Los Angeles

Compartilhe

Um grupo de peso é o responsável por levar o futebol feminino de volta ao sul da Califórnia, com vistas à temporada de 2022 da Liga Nacional Feminina de Futebol (NWSL, em inglês) dos EUA. Um conglomerado repleto de estrelas, como Mia Hamm e Natalie Portman adquiriu os direitos para comandar um time que deve se chamar Angel City, em Los Angeles.

Cidade dos Anjos é um dos apelidos para a metrópole californiana que sediará os Jogos Olímpicos de 2028. A Liga atualmente tem 9 times e com a vinda do Louisville FC na próxima temporada, o Angel City deverá ser a 11ª equipe participante da Challenge Cup.

Um grupo de cerca de 30 pessoas inclui as campeãs olímpicas e mundiais Mia Hamm, Julie Foudy, Joy Fawcett, Rachel Buehler, Tisha Venturini-Hoch e Abby Wambach. Além disso, outras celebridades estão envolvidas no projeto, como as atrizes Eva Longoria, Jennifer Garner, Uzo Aduba, Jessica Chastain e Natalie Portman, e  Alexis Ohanian, um dos fundadores do Reddit e marido de Serena Williams. A tenista campeã olímpica e dona de 23 Grand Slams também aparece na lista de proprietárias, assim como sua filha de dois anos Alexis Olympia Ohanian Jr. 

O vídeo de anúncio, publicado pela jornalista Mariana Spinelli no Twitter mais cedo, faz referências ao movimento #BlackLivesMatter (Vidas Negras Importam) e à luta contra a pandemia do coronavírus, mencionando o início de uma "Nova Era", com características inovadoras e revolucionárias que seriam da cidade:




“Los Angeles é uma cidade que possui uma base fanática de fãs esportivos. E obviamente, mostramos que temos a capacidade de apoiar múltiplos times e múltiplas ligas diferentes” declarou a empresária Julie Uhrman, presidente do conglomerado  do que torna-se um dos poucos grupos majoritariamente feminino controlando uma equipe em esporte profissional. A capitalista Kara Nortman é outra das investidoras principais.

Natalie Portman declarou que buscou trazer “parceiros incríveis que eram do mundo do futebol, líderes no esporte, tecnologia, negócios e entretenimento porque isso representa tão bem nossa cidade. Cada uma de nós tem nossa habilidade especial para trazer ao time”, declarou a vencedora do Oscar.

Hamm e Wambach me jogo dos EUA contra Noruega pela Copa do Mundo de 2003. Foto: A. Messerschmidt WireImage

A atriz revelou ainda ter começado a pensar no projeto após a vitória dos EUA na Copa do Mundo, em julho de 2019 e depois de um discurso de Wambach, em um vento. Ela percebeu a importância de ter mulheres que sejam heroínas e sirvam como modelo para meninos e meninas. 

“Começamos a ir em jogos e nos empolgamos. Foi um tipo de revolução ver meu filho e deus amigos, garotos de oito anos na época, querendo vestir os uniformes de Rapinoe e Alex Morgan. Pensei ‘uau, esse seria um mundo diferente’. Não era incomum para eles”.

O nome definitivo e o estádio a ser utilizado deverão ser anunciados ainda este ano. O grupo está trabalhando em parceria com a Fundação LA84, uma ONG criada após os Jogos Olímpicos de Los Angeles para promover o esporte entre os jovens.

Foto: The Athletic

Nenhum comentário:

Postar um comentário