Guia dos Sistemas Qualificatórios Olímpicos Atualizados - Tiro Esportivo - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Guia dos Sistemas Qualificatórios Olímpicos Atualizados - Tiro Esportivo

Compartilhe

Status: Incompleto (86,6% das vagas preenchidas).

Eventos/Vagas: 15 eventos (6 masculinos, 6 femininos e 3 mistos) com 360 atletas (cerca de 29 nas individuais).

Sistema qualificatório

O tiro esportivo possui 12 categorias individuais (carabina de ar 10m, carabina 3 posições, pistola de ar 10m, pistola de tiro rápido 25m, fossa olímpica e skeet) e três “coletivas” (pistola de ar 10m, carabina de ar 10m, e fossa olímpica mistas). Cada uma das provas individuais terá 29 competidores, dos quais: 
  • quatro vieram do Mundial de 2018; 
  • oito de quatro etapas diferentes das Copas do Mundo de 2019 (exceção à pistola de tiro rápido 25m, que só teve três etapas, mas classificou a mesma quantidade de atletas); 
  • três do Asiático (exceção à pistola de tiro rápido 25m, que classificou quatro); 
  • três dos  Europeus de 2019 e 2021 (com exceções à carabina de ar 10m e ao skeet, que darão quatro);  - a ser definida
  • uma dos Jogos Europeus de 2019; 
  • uma do Campeonato Pan-Americano de 2018 (exceção à fossa, que classificou dois);
  • duas dos Jogos Pan-Americanos de 2019; 
  • uma do Oceânico (exceção à carabina três posições, que classificaria dois);
  • uma do Africano (exceção da pistola de ar 10m, que classificou dois);
  • uma ao país-sede;
  • duas à Tripartite - a ser definida
  • uma via ranking-mundial
Quanto às disputas mistas, as vagas disponíveis já foram encerradas. Apenas o Mundial de 2018 classificou duas cotas para cada uma das três disciplinas. O restante dos inscritos virá daqueles atletas que estarão classificados para as provas individuais, havendo um limite de duas duplas por país. Nas provas individuais, também há um limite de dois atletas por país em uma mesma disciplina. Assim, cada país pode ter, no máximo, 30 atletas em Tóquio. Até o momento, a China possui 25 classificados (a fossa masculina tem uma vaga, enquanto o skeet masculino e a fossa mista não possuem nenhuma).

Já foram preenchidas 312 cotas (incluindo país-sede), restando 48 do total. Dessas, 16 virão do Campeonato Europeu em 2021; 24 da Tripartite; e oito serão realocadas. O Europeu ocorrerá entre 23 de maio e 6 de junho de 2021, em Osijek, na Croácia. Os rankings serão fechados em 6 de junho de 2021.

Brasil

O único atirador brasileiro que estará presente nos Jogos Olímpicos de Tóquio é Felipe Wu, medalhista de prata na Rio-2016. Ele garantiu sua vaga olímpica na pistola de ar 10m da Rio-2016 após ter sido quarto colocado na pistola de ar 10m da Copa do Mundo de Nova Délhi, última competição antes do fechamento do ranking. Ele deu um salto de 69 posições no ranking e terminou na décima colocação. O ranking mundial só dá uma vaga por categoria, mas todos aqueles a sua frente os países já possuíam classificação na categoria. Assim, ele herdou a classificação.

Emerson Duarte era quem poderia obter outra cota para o tiro esportivo brasileiro. Ele era o quinto colocado do ranking olímpico da pistola de tiro rápido 25m e precisava se manter bem na Copa do Mundo de Nova Délhi para se garantir. Porém, teve um péssimo desempenho e acabou em 11º entre 14 atletas. 
Emerson Duarte é a esperança brasileira de conquistar uma vaga olímpica no Tiro Esportivo (Foto: Washington Alves/Exemplus/COB)

Países já classificados (maioria das vagas não-nominais):
Carabina 3 posições masculino: Takayuki Matsumoto - JAP (país sede); Polônia, Estados Unidos, Noruega e China (Mundial de 2018); Estados Unidos (América); Hungria e Itália (Copa do Mundo #1); República Tcheca e China (Copa do Mundo #4); Coreia do Sul e Sérvia (Copa do Mundo #6); Belarus (Jogos Europeus); José Luis Sánchez-MEX e Alexis Eberhardt-ARG (Jogos Pan-Americanos); Índia e Noruega (Copa do Mundo #8); República Tcheca e Itália (Europeu de 2019); Jack Rossiter (Oceania); Índia, Irã e Cazaquistão (Ásia); Egito (África); Steffen Olsen-DEN (ranking mundial); restam 04 vagas.

Carabina de ar 10m masculino: Rússia, Croácia (2) e China (Mundial de 2018); Will Shaner-USA (América); China e Áustria (Copa do Mundo #1); Índia e Rússia (Copa do Mundo #4); Ucrânia e Itália (Copa do Mundo #6); Israel (Jogos Europeus); Lucas Kozeniesky-USA e Edson Ramírez-MEX (Jogos Pan-Americanos); Eslováquia e Dane Sampson-AUS (Copa do Mundo #8); Alex Hoberg-AUS (Oceania); Índia, Taipé Chinês e Naoya Okada-JAP (Ásia); Egito (África); Hungria e Ömer Akgün-TUR (Europeu de 2020); Nam Tae-yun-KOR (ranking mundial); restam 05 vagas.

Pistola de tiro rápido 25m masculino: China (02), Jean Quiquampoix-FRA e Rússia (Mundial de 2018); Cuba (América); Alemanha, Keith Sanderson-USA e Ucrânia (Copa do Mundo #4); Clément Bessaguet-FRA, Rússia e Alemanha (Copa do Mundo #6); Özgür Varlık-TUR (Jogos Europeus); Cuba e Marko Carrillo-PER (Jogos Pan-Americanos); Muhammad Khalil Akhtar-PAK e Coreia do Sul (Copa do Mundo #8); Itália e Ruslan Lunev-AZE (Europeu de 2019); Sergei Evglevski-AUS (Oceania); Japão, Ghulam Mustafa Bashir-PAK, Coreia do Sul e Tailândia (Ásia); Peeter Olesk-EST (ranking mundial); restam 05 vagas.

Pistola de ar 10m masculino: Japão (país sede); Coreia do Sul (2), Rússia e Ucrânia (Mundial de 2018); James Hall-USA (América); Índia e Rússia (Copa do Mundo #1); Índia e Mongólia (Copa do Mundo #4); China (2) (Copa do Mundo #6); Ucrânia (Jogos Europeus); Cuba e Nickolaus Mowrer-USA (Jogos Pan-Americanos); İsmail Keleş-TUR e Yusuf Dikeç-TUR (Copa do Mundo #8); Itália e Eslováquia (Europeu de 2020); Daniel Repacholi-AUS (Oceania); Coreia do Norte, Irã e Gulfam Joseph-PAK (Ásia); Tunísia e Egito (África); Felipe Wu-BRA (ranking mundial); restam 04 vagas.

Fossa masculina: Shigetaka Oyama-JAP (país sede); Espanha, Eslováquia, Kuwait e James Willett-AUS (Mundial de 2018); Alessandro de Souza-PER e Jorge Orozco-MEX (América); Egito e China (Copa do Mundo #2)Croácia e Tailândia (Copa do Mundo #3)Andreas Makri-CYP e Matthew Coward-Holley-GBR (Copa do Mundo #5); República Tcheca (Jogos Europeus); Brian Burrows-USA e Derrick Mein-USA (Jogos Pan-Americanos); Rússia e Portugal (Copa do Mundo #7); República Tcheca e Aaron Heading-GBR (Europeu de 2019); Thomas Grice-AUS (Oceania); Kuwait, Taipé Chinês e Catar (Ásia); Egito (África); Mauro De Filippis-ITA (ranking mundial); restam 03 vagas.

Skeet masculino: Hiroyuki Ikawa-JAP (país sede); Estados Unidos, Noruega, Tammaro Cassandro-ITA e Emmanuel Petit-FRA (Mundial de 2018); Phillip Jungman-USA (América); Gabriele Rossetti-ITA e República Tcheca (Copa do Mundo #2)Kuwait e Jesper Hansen-DEN (Copa do Mundo #3)Coreia do Sul e Finlândia(Copa do Mundo #5); Stefan Nilsson-SWE (Jogos Europeus); Juan Schaeffer-GUA e Nicolás Pacheco-PER (Jogos Pan-Americanos); Éric Delaunay-FRA e Egito (Copa do Mundo #7); Nikolaos Mavrommatis-GRE e Dimitris Konstantinou-CYP (Europeu de 2019); Paul Adams-AUS (Oceania); Índia (2) e Kuwait (Ásia); Egito (África); Federico Gil-ARG (ranking mundial); restam 05 vagas.

Carabina 3 posições feminino: Rússia, Alemanha, Croácia e Seonaid McIntosh-GBR (Mundial de 2018); Estados Unidos (América); Suíça e China (Copa do Mundo #1); Coreia do Sul e Noruega (Copa do Mundo #4); Rússia e Noruega (Copa do Mundo #6); Sérvia (Jogos Europeus); Cuba e Estados Unidos (Jogos Pan-Americanos); Coreia do Sul e China (Copa do Mundo #8); Belarus e Dinamarca (Europeu de 2019); Katarina Kowplos-AUS (Oceania); Shiori Hirata-JAP, Índia e Irã (Ásia); Egito (África); Ziva Dvorsak-SLO (ranking mundial); restam 05 vagas.

Carabina de ar 10m feminino: Haruka Nakaguchi-JAP (país-sede)Coreia do Sul (2) e Índia (2) (Mundial de 2018); Mary Tucker-USA (América); China (2) (Copa do Mundo #1); Irã e Dinamarca (Copa do Mundo #4); Laura-Georgeta Coman-ROM e Hungria (Copa do Mundo #6); República Tcheca (Jogos Europeus); Alison Weisz-USA e Fernanda Russo-ARG (Jogos Pan-Americanos); Taipé Chinês e Irã (Copa do Mundo #8); Elise Collier-AUS (Oceania); Singapura, Mongólia e V (Ásia); Argélia (África); Rússia e Sérvia (Europeu de 2020); Aneta Stankiewicz-POL (ranking mundial); restam 04 vagas.


A Carabina de ar 10m feminina será a primeira prova dos Jogos Olímpicos a ter suas medalhas definidas. Na Rio 2016, a estadunidense Virginia Thrasher foi ouro (Foto: Valdrin Xhemaj/Lusa/EPA)

Pistola 25m feminino: Japão (país-sede)Ucrânia, Rússia, Alemanha e Taipé Chinês (Mundial de 2018)Alexis Lagan-USA (América); Bulgária e Alemanha (Copa do Mundo #4); Índia e Bulgária (Copa do Mundo #6); Suíça (Jogos Europeus); Sandra Uptagrafft-USA e Diana Durango-ECU (Jogos Pan-Americanos); China e Coreia do Sul (Copa do Mundo #8); Mathilde Lamolle-FRA e Celine Goberville-FRA (Europeu de 2019); Elena Galiabovitch-AUS (Oceania); Tailândia (2), Mongólia e Índia (Ásia); Tunísia (África); Agate Rasmane-LAT (ranking mundial); restam 03 vagas.

Pistola de ar 10m feminino: Anna Korakaki-GRE, Sérvia, Coreia do Sul e China (Mundial de 2018); Canadá (América); Taipé Chinês e Coreia do Sul (Copa do Mundo #1); Nino Salukvadze-GEO e Mongólia (Copa do Mundo #4); China e Índia (Copa do Mundo #6); Polônia (Jogos Europeus); Cuba e Andrea Pérez Peña-ECU (Jogos Pan-Americanos); Índia e Sérvia (Copa do Mundo #8); Áustria e Bulgária (Europeu de 2020); Dina Aspandiyarova-AUS (Oceania); Coreia do Norte, Irã e Satoko Yamada-JAP (Ásia); Egito (2) (África); Viktoria Chaika-BLR (ranking mundial); restam 05 vagas.

Fossa feminino: Eslováquia, China, Itália e Laetisha Scanlan-AUS (Mundial de 2018); Kayle Browning-USA e Adriana Ruano-GUA (América); Itália e China (Copa do Mundo #2)Carole Cormenier-FRA e Kirsty Hegarty-GBR (Copa do Mundo #3)Madelynn Bernau-USA e Mélanie Couzy-FRA (Copa do Mundo #5); Espanha (Jogos Europeus); Alejandra Ramírez-MEX e Ana Waleska Soto-GUA (Jogos Pan-Americanos); Penny Smith-AUS e Satu Mäkelä-Nummela-FIN (Copa do Mundo #7); Rússia e Alessandra Perilli-SMR (Europeu de 2019); Natalie Rooney-NZL (Oceania); Ray Bassil-LBN, Cazaquistão e V (Ásia); Egito (África); Sandra Bernal-POL (ranking mundial); restam 04 vagas.

Skeet feminino: Naoko Ishihara-JPN (país sede); Amber English-USA e Austen Smith-USA, Eslováquia e Rússia (Mundial de 2018); Chile (América); Austen Smith-USA e China (Copa do Mundo #2)Chloe Tipple-CYP e Polônia (Copa do Mundo #3); Diana Bacosi-ITA e Chiara Cainero-ITA (Copa do Mundo #5); Lucie Anastassiou-FRA (Jogos Europeus); Melisa Gil-ARG e Gabriela Rodríguez-MEX (Jogos Pan-Americanos); China e Alemanha (Copa do Mundo #7); República Tcheca e Ucrânia (Europeu de 2019); Laura Coles-AUS (Oceania); Tailândia (2) e Coreia do Sul (Ásia); Marrocos (África); Amber Hill-GBR (ranking mundial); restam 04 vagas.

Carabina de ar 10m - Equipe mista: China e Rússia (Mundial de 2018) + atletas classificados no individual;

Pistola de ar 10m - Equipe mista: China e Rússia (Mundial de 2018) + atletas classificados no individual;

Fossa 10m - Equipe mista: Eslováquia e Rússia (Mundial de 2018) + atletas classificados no individual.

+ Volte para a Central do Guia dos Sistemas Qualificatórios Olímpicos Atualizados

Nenhum comentário:

Postar um comentário