Ex-técnico da seleção estadunidense de ginástica é preso por atos lascivos contra menor - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ex-técnico da seleção estadunidense de ginástica é preso por atos lascivos contra menor

Compartilhe

Terry Gray, ex-técnico da seleção dos Estados Unidos de Ginástica Artística, foi preso na última sexta-feira (11), em Las Vegas, sob 14 acusações de atos lascivos contra um menor de 14 anos, segundo relatos de duas pessoas familiarizadas com o caso. A informação é do portal The Orange Country Register

Este não é o primeiro envolvimento do ex-treinador com escândalos desse tipo. Há nove meses, Gray havia sido suspenso do esporte por dois anos pelo SafeSport, por má conduta sexual com um menor. 

Durante o período de investigação, Gray continuou trabalhando na SCEGA Gymnastics, em Temecula, cidade da Califórnia, até sua suspensão ser confirmada em outubro de 2019. 

Além disso, a prisão decorre de supostos incidentes na Brown's Gymnastics, academia de Las Vegas, por onde Gray também passou. Há pelo menos três supostas vítimas de acordo com uma fonte familiarizada com o caso. Os treinadores e funcionários de Brown têm cooperado com a polícia, segundo fontes do Orange country Register

Tais ocorrências teriam sido registradas em 2007, 2009, 2012 e 2013 de acordo com o boletim de prisão. O ex-treinador trabalhou na Brown's Gymnastics de 2009 até 2015, de acordo com o Departamento de Polícia Metropolitana de Las Vegas (LVMPD). Ele deverá comparecer ao tribunal na próxima segunda-feira (13). 

O LVMPD disse neste sábado (12), que buscava informações sobre "vítimas adicionais". 

"Qualquer pessoa que tenha sido vítima de Gray ou tenha informações sobre seus crimes, deve entrar em contato com a Seção de agressão sexual pelo número 702-828-3421", afirmou o departamento em comunicado.

O advogado de Gray não respondeu a um pedido de comentário. A Brown's também não respondeu aos pedidos de comentários.

Foto: Reprodução/LVMPD

Nenhum comentário:

Postar um comentário