Japonês se afasta do rugby sevens para seguir carreira médica - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Japonês se afasta do rugby sevens para seguir carreira médica

Compartilhe


O atleta do Japão Kenki Fukuoka não representará o país no rugby sevens dos Jogos Olímpicos de Tóquio a fim de seguir uma carreira médica, de acordo com a imprensa local.

A Japan Rugby Union, entidade que regulamenta o rugby no país, anunciou no sábado que Fukuoka havia deixado a seleção nacional de sevens. A estrela do Panasonic Wild Knights, de 27 anos, seguirá uma tradição familiar. O pai de Fukuoka é dentista e seu avô era médico.

A agência de notícias Kyodo informou ainda que o atraso de 12 meses nas Olimpíadas de Tóquio por conta da pandemia de coronavírus tornou muito difícil para Fukuoka combinar os estudos médicos com uma carreira esportiva profissional.

O atleta estava na equipe do Japão que terminou em quarto lugar no torneio olímpico do Rio de Janeiro em 2016, que marcou a estreia da modalidade sevens, para sete jogadores, nos Jogos. 

Conhecido como Ferrari por seu ritmo intenso, Fukuoka indicou inicialmente que se aposentaria de todas as formas de rugby após os Jogos Olímpicos de Tóquio. O esportista já havia se aposentado do rugby internacional de 15 jogadores após a Copa do Mundo do ano passado, terminando sua carreira com 25 tries em 37 tentativas. 

 “Meu pai é dentista e meu avô é médico, e a maior motivação para mim é que eu aspirava a ser como meu avô. Ele é uma ótima pessoa e eu realmente o admiro e respeito", afirmou Fukuoka ao anunciar sua aposentadoria do rugby de 15 em 2019.

Foto: Jae C Hong/AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário