Federação Irlandesa de Vela não reagenda seletiva na laser radial e convoca medalhista olímpica para Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Federação Irlandesa de Vela não reagenda seletiva na laser radial e convoca medalhista olímpica para Tóquio

Compartilhe

A Irish Sailing, Federação Irlandesa de Vela, decidiu não remarcar a seletiva para definir a atleta que representará o país na classe laser radial nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem, convocando então a medalhista de prata na Rio 2016, Annalize Murphy. Com isso a atleta disputará no Japão, sua terceira Olimpíada. 

Agora a confirmação da vaga da velejadora nas Olimpíadas passará pelas devidas formalidades, sendo ratificada pela Federação Olímpica da Irlanda. A princípio, Murphy deveria competir contra Aoife Hopkins, Aisling Keller e Eve McMahon em três regatas para garantir um lugar em Tóquio.

Um dos métodos utilizados pela Irish Sailing para selecionar a representante do país na classe laser radial, foi verificar a classificação final no Mundial da modalidade. Murphy completou o torneio em 12º lugar, enquanto nenhuma de suas adversárias ficou entre as 30 melhores do evento. 

"O desempenho de Murphy no Mundial de 2020 a tornou uma favorita clara para vencer os testes agendados", disse o diretor de desempenho da Irish Sailing, James O'Callaghan. 

"Ao indicá-la agora, o Irish Sailing Board garantiu que os preparativos das equipes passassem o foco para as Olimpíadas, em vez de se prepararem para os testes domésticos", completou o mandatário.

Foto: Morgan Treacy/INPHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário