Wrestling sofre mudanças nos calendários de 2020 e 2021; competições seguem suspensas até setembro - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Wrestling sofre mudanças nos calendários de 2020 e 2021; competições seguem suspensas até setembro

Compartilhe

A United World Wrestling (UWW), entidade que rege o wrestling a nível global, divulgou na última quarta-feira (17) alterações em seu calendário para as temporadas de 2020 e 2021, ambas afetadas pela pandemia do coronavírus. As medidas foram aprovadas pelo Bureau da entidade, em reunião realizada no início da semana.

Todas as competições do wrestling foram suspensas até, pelo menos, 1º de setembro deste ano. A previsão da UWW é retornar com as competições em setembro, mas ainda haverá uma nova revisão do calendário em agosto para novas avaliações e uma batida final de martelo. "Nós só retornaremos ao tatame quanto for seguro para nossos atletas, treinadores, árbitros e espectadores", destacou o presidente da entidade, Nenad Lalovic.

Os campeonatos continentais de cadete, júnior e sub-23 serão os primeiros a retornarem. Essas competições deverão acontecer na janela entre 1º de setembro e 30 de outubro, ainda sem datas  exatas definidas. Caso algum continente optar por cancelar o evento em seu território, estará livre para fazê-lo, a depender do status da pandemia na região.

Seguindo seus planejamentos originais, os Campeonatos Mundiais Junior e Sub-23 seguem previstos para o final do ano. O Júnior acontecerá entre o final de novembro e o início de dezembro, em Belgrado, na Sérvia, enquanto o Sub-23 será realizado entre 23 e 29 de novembro, em Tampere, na Finlândia.

Por outro lado, o Campeonato Mundial Cadete foi cancelado, assim como todas as outras competições da categoria sub-15. Por reunir grupos de riscos, o Mundial dos Veteranos também não será realizado este ano, sendo adiado para 2021. A Grécia permanece sendo sede deste último.

A UWW também confirmou que ao menos duas etapas da temporada do Circuito Mundial de Wrestling de Praia estão planejadas, com respectivas sedes na Romênia e na Grécia. Uma das duas nações também sediará o Campeonato Mundial Cadete e Júnior da modalidade, ainda sem um cronograma definido. 

Sênior e 2021

Outro ponto é que o prêmio de "Melhor Wrestler de 2020" só será distribuído se houver um Campeonato Mundial Sênior em 2020. Até o momento, não há definição de que esta competição nem de que outras da categoria profissional possam acontecer. A UWW anunciou que processos de licitação para receber os eventos já foram iniciados. 

Ainda foi informado que o calendário de 2021 também foi modificado, principalmente relacionadas aos Jogos Olímpicos de Tóquio. A entidade decidiu adiantar os campeonatos continentais da próxima temporada para o início do ano, para que ocorram antes dos pré-olímpicos. Antes da paralisação, apenas a seletiva pan-americana havia ocorrido, restando quatro torneios a serem realizados.

Com uma clareza maior sobre o futuro das competições, a federação também pôde definir o sistema de chaveamento da Olimpíada, que seguirá baseado no ranking, formado a partir dos seguintes resultados: Campeonato Mundial de 2019, Ranking Series de Roma e campeonatos continentais de 2020. De acordo com a entidade, os eventos do Ranking Series de 2021 não serão válidos para a corrida olímpica, porque o sistema qualificatório já foi aprovado pelo COI sem essas competições.

Uma exceção para os eventos do próximo ano é que apenas atletas de China, Coreia do Norte e Turcomenistão terão seus resultados do Campeonato Asiático computados para o ranking mundial. O Bureau aprovou essa proposta porque os três países não puderam participar da edição de 2020 do torneio, por não se sentirem seguros de competir no início da pandemia.

A Ranking Series de 2021 consistirá em apenas dois eventos. O Mundial Sênior do ano que vem está programado para 2 a 10 de outubro, em Oslo, na Noruega. Não haverá Copas do Mundo neste ano ou no ano que vem.

Foto: Divulgação/UWW

Nenhum comentário:

Postar um comentário