Em live, Nonato celebra filho recém-nascido e relembra gols marcantes no futebol de 5 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Em live, Nonato celebra filho recém-nascido e relembra gols marcantes no futebol de 5

Compartilhe

Em uma live do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o destaque do futebol de 5 do Brasil Raimundo  Nonato relembrou gols importantes da carreira e contou que está aproveitando o período de isolamento social para ficar próximo ao filho de apenas seis meses.

Natural de Orocó, Pernambuco, Nonato nasceu com retinose e começou no futebol de 5 em 2011. Hoje, aos 32 anos, é um dos destaques da Seleção Brasileira. Na live desta terça, ele relembrou como começou na modalidade e os gols mais marcantes da carreira até agora.

“Sempre gostei de futebol e fui apresentado à modalidade paralímpica em 2011, ano em que competi o Regional e, como tive destaque, fui convocado para a Seleção Brasileira. No ano seguinte, tive a oportunidade de representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012”, relembrou.

Jogador decisivo na Copa América 2019, realizada no CT Paralímpico, em São Paulo, com nove gols em seis jogos, o pivô elegeu o segundo gol contra a Argentina na final como um dos mais marcantes da carreira.

“Dois gols foram muito marcantes para mim: o segundo gol na final da Copa América no ano passado e o segundo gol na final do Mundial de Madri em 2018, os dois contra a Argentina. Foram especiais porque garantiram a nossa vitória nas competições”, destacou o atleta.

Tido como a equipe a ser vencida, o Brasil é pentacampeão mundial de futebol de 5. A vitória no Mundial de 2018 garantiu a vaga do país para os Jogos Paralímpicos de Tóquio na modalidade.

No período de isolamento social, Nonato também comemorou o fato de estar mais próximo da família, com a esposa e o filho Lucas Emanuel, de apenas seis meses.

“Esse período mais em casa tem sido bom para passar mais tempo com meu filho. Quando as fases de treinamento e as competições voltarem, a saudade dele vai apertar, mas faz parte da vida de atleta”, ponderou.

Ao falar da renovação da Seleção, Nonato elogiou o trabalho do técnico Fábio Vasconcellos, ex-goleiro nas conquistas paralímpicas de Atenas 2004 e Pequim 2008.

“O Fábio tem feito um excelente trabalho com os jovens atletas. Quando eu me aposentar, posso ficar tranquilo pois o Brasil terá bons atletas para continuar a nossa trajetória de vitórias”, comemorou.

A Seleção Brasileira também é detentora do tetracampeonato paralímpico (Rio 2016, Londres 2012, Pequim 2008 e Atenas 2004), hexacampeão da Copa América (São Paulo 2019, Santa Fé 2013, Buenos Aires 2009, Bogotá 2003, Paulínia 2001, Assunção 1997) e tetracampeão parapan-americano (Rio 2007, Guadalajara 2011, Toronto 2015 e Lima 2019).

Nacionalmente, Nonato defende a Agafuc e, em 2020, o pivô foi o destaque da final da Supercopa do Brasil de Futebol de 5 ao anotar dois gols e decretar o tricampeonato da equipe.

Foto: Alê Cabral/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário