Com adiamento de Olimpíada, CBDA estuda participação da seleção feminina de polo aquático no Pré-Olímpico - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com adiamento de Olimpíada, CBDA estuda participação da seleção feminina de polo aquático no Pré-Olímpico

Compartilhe


A decisão da CBDA de não participar do Pré-Olímpico Mundial de Polo Aquático Feminino pode ser revista por conta do adiamento dos Jogos para 2021. Segundo informações do blog 'Brasil em Tóquio', a entidade tinha desistido de participar do pré-olímpico antes da pandemia por conta de falta de verbas e as remotíssimas chances de classificação para Tóquio.

A entidade agora anunciou que estuda, sim, a possibilidade de levar o time para o pré-olímpico de 2021, mas nada ainda garantido. A tabela oficial da Federação Internacional de Natação (FINA) já foi anunciada sem a presença do Brasil, que oficialmente tinha aberto mão do torneio. O evento será entre 17 e 24 de janeiro do ano que vem, na Itália.

Passando por grave crise financeira desde o fim dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, a CBDA tem feito vários cortes no orçamento nesse ciclo, mas pode abrir exceções como levar a seleção feminina de polo para o pré-olímpico, mesmo sem muitas chances de ir para Tóquio, mas para adquirir experiência para os Jogos de 2024.

A seleção feminina foi bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima em 2019 e oitavo lugar na Rio-2016.

foto: Alexandre Castello Branco/ COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário