Ponteira Gabi revela sonho de ganhar uma medalha olímpica: “Quando treino, penso nisso” - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Ponteira Gabi revela sonho de ganhar uma medalha olímpica: “Quando treino, penso nisso”

Compartilhe

Uma das principais jogadoras de sua geração, a ponteira Gabriela Guimarães, conhecida mundialmente como Gabi, esbanjou simpatia em uma live no Facebook da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) na última terça-feira (12). Durante a sessão, a jogadora falou sobre sua carreira, respondeu perguntas dos torcedores e declarou qual seria seu maior sonho: medalhar em Jogos Olímpicos.

“Meu grande sonho é uma medalha olímpica e todos os dias, quando treino, penso nisso”, revelou Gabi. A brasileira esteve na equipe que disputou a Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016 e acredita que o jogo das quartas-de-final do torneio, contra a China, foi um ponto importante de mudança para sua carreira, apesar da derrota. 

"Todas as coisas pelas quais passei nos quatro anos desde então e todas as dificuldades me deram mais força e poder para trabalhar", afirmou.

Dona de uma carreira vitoriosa, a ponteira, que completa 26 anos na próxima terça-feira (19), foi convocada pela primeira vez para a seleção adulta em 2013, para a disputa do Grand Prix e do Campeonato Sul-Americano, conquistando o ouro nas duas competições. Desde então, Gabi se manteve no elenco, participando da campanha da prata no Mundial de 2014 e sendo escolhida para disputar as Olimpíadas do Rio em 2016.

Após os Jogos, com a saída de muitas campeãs olímpicas, a brasileira se tornou uma das principais referências da seleção. No entanto, as lesões e uma cirurgia no joelho acabaram afastando-a de algumas competições, como do Mundial de 2018, no Japão. De volta em 2019, a atleta foi o maior destaque do país na Liga das Nações, ganhando a medalha de prata e sendo eleita a melhor ponteira do torneio.

As atuações de destaque pelos clubes, incluindo seis títulos da Superliga Feminina, e pela seleção chamaram a atenção dos times europeus e, desde a última temporada, Gabi defende o tradicional Vakifbank, da Turquia. Para a brasileira, a experiência jogando fora do Brasil foi muito importante para o seu crescimento como atleta.

"Aprendi muito nesta temporada, jogando em uma das melhores ligas do mundo, ao lado de alguns jogadores incríveis", disse ela. "Foi muito importante para mim jogar em um nível realmente alto e competir em grandes torneios fora do Brasil, como a Liga dos Campeões da Europa e a Liga da Turquia".

Ainda durante a live, Gabi revelou qual sua estratégia para atingir o melhor nível em uma partida.

"O mais importante é ter o equilíbrio certo para todas as habilidades, como recepção, ataque, defesa, serviço. Quando você está tendo maus momentos no ataque, por exemplo, pode voltar a atenção para recepcionar, sacar ou bloquear. Não sou uma jogadora muito alta, então percebi que preciso jogar de maneira inteligente e tentar evitar erros ", explicou a atleta.

Foto: FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário