Liga de Rugby da Austrália retorna na próxima semana sem a presença de público e com menos cidades recebendo jogos - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Liga de Rugby da Austrália retorna na próxima semana sem a presença de público e com menos cidades recebendo jogos

Compartilhe

A Liga Nacional de Rugby da Austrália (NRL) tem data marcada para seu retorno. A partir da próxima quinta-feira (28), os jogos do torneio serão retomados após quase dois meses de paralisação causada pela pandemia de COVID-19. 

A NRL anunciou um calendário de jogos alternativo, com 16 rodadas em vez das 20 tradicionais. Em um primeiro momento, as partidas serão disputadas em seis arenas (três na região de Sidney, duas no estado de Queensland e uma em Melbourne) e não contarão com a presença de público. A grande final da NRL está marcada para 25 de outubro.

"Todo mundo lutou tanto para voltar a jogar", disse o presidente-executivo da NRL, Andrew Abdo. "Existem novos confrontos e novos locais, mas quando os jogadores entrarem em campo, o desejo de vencer será muito maior, dados os sacrifícios feitos até agora”.

O retorno da NRL foi cercado de muitos obstáculos e controvérsias. Primeiro, o governo australiano deu permissão ao New Zealand Warriors, único time neozelandês na Liga, para viajar para a Austrália e treinar durante um período de quarentena de 14 dias, apesar da proibição geral no país para a entrada de estrangeiros. Os jogadores ficarão sem a família e provavelmente não poderão retornar à Nova Zelândia até que a temporada da NRL termine em outubro.

Há também uma preocupação com a vacina anual da gripe, que os jogadores do NRL são obrigados a receber para evitar a propagação de mais doenças. Uma pequena minoria de jogadores recusou, e é incerto se eles poderão entrar em campo quando os jogos retornarem.

Controles rigorosos e o fechamento antecipado de fronteiras contribuíram para que a Austrália tivesse apenas 100 mortes por COVID-19 e pouco mais de 7.000 casos. O governo federal anunciou um plano de três fases para aliviar as restrições nos próximos meses, com os estados e territórios podendo determinar seus próprios cronogramas. As medidas de distanciamento social e de higiene, porém, serão mantidas por tempo indeterminado.

Foto: Dave Hunt/AAP Image via AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário