Grã Bretanha tem "plano B" para o tênis durante datas que seriam de Wimbledon - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Grã Bretanha tem "plano B" para o tênis durante datas que seriam de Wimbledon

Compartilhe

A LTA, órgão governamental que comanda o tênis na Grã Bretanha, iniciou tratativas para realizar um campeonato britânico da modalidade, organizado pelo duplista Jamie Murray, durante as datas que seriam ocupadas pelo Torneio de Wimbledon, cancelado por conta da pandemia de coronavírus. 

A ideia é realizar um evento para homens e outro para mulheres, com duração de 15 dias e sem a presença de público. Com isso, os tenistas britânicos poderiam se manter em atividade, mesmo com a paralisação do circuito até agosto.

"O LTA está comprometido em garantir que, independentemente dos eventos realizados, o tênis seja entregue ao público mais amplo possível e atendendo as necessidades de nossos jogadores de alto desempenho", afirmou a entidade.

"Também garantiremos que eles sejam sustentáveis ​​para o crescimento do tênis a longo prazo e, finalmente, de acordo com nossas responsabilidades como órgão dirigente de nosso esporte, eles cumpram todos os protocolos necessários que a atual situação exige". 

O local do evento deverá ser o National Tennis Center (NTC), que fica no distrito de Roehampton, em Londres e conta com grande estrutura para os tenistas, com 20 quadras de tênis. O local foi criado para que os tenistas britânicos pudessem desenvolver suas habilidades e a alta performance nos torneios da ATP, ITF e WTA.



Inclusive, quem voltou a frequentar o NTC na última sexta-feira, foi o tenista escocês Andy Murray. Ele treinou com seu irmão Jamie Murray e depois com seu treinador Jamie Delgado. Apenas duas pessoas podem permanecer dentro de quadra. Quem entrar no complexo será submetido aos testes de coronavírus e medição de temperatura.

Mais novidades

Além disso, a LTA prepara outra novidade, a volta do National Championship, um torneio de tênis que já foi muito tradicional no passado, mas que não é realizado desde 2002. Nomes que já figuraram entre os melhores do mundo disputaram esse campeonato. 

O evento também será realizado sem a presença de público e seguindo rigorosos protocolos de segurança à saúde. O National Championship está sendo programado para o segundo semestre e incluirá um campeonato de simples feminino e masculino para profissionais e juvenis, além de um evento para tenistas que utilizam cadeira de rodas. 

O evento que antes tinha perdido grande interesse da mídia e dos próprios jogadores, pode ser agora um dos pilares do tênis britânico durante a pandemia. 

Foto: Divulgação/LTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário