Com coronavírus, medalhista olímpico Márcio Araújo luta para conseguir leito de UTI - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Com coronavírus, medalhista olímpico Márcio Araújo luta para conseguir leito de UTI

Compartilhe


O medalhista de prata no vôlei de praia ao lado de Fábio Luiz nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 Márcio Araújo vive um drama. Diagnosticado com coronavírus, o ex-atleta de 46 revelou em entrevista ao site 'Web Vôlei' que seu quadro está piorando e que, ao tentar se internar, não conseguiu um leito de UTI disponível em hospitais de Fortaleza (CE) para receber o tratamento necessário.

"Não estou muito bem. Voltei do hospital para casa, porque não tem leito de UTI. Respirando mal demais. Esperando melhorar"  disse o ex-jogador, ao site 'Web Vôlei'.

Campeão mundial em 2005 (ao lado de Fábio) e vice em 2011 (com Benajmin), Márcio postou uma foto em seu perfil no Instagram usando máscara e segurando um cartaz com os dizeres: “Vou me recuperar se Deus quiser”. Na descrição, explicou: "Fui infectado pelo coronavírus, mas vou me recuperar, se Deus quiser."

Depois de ver o sistema de saúde do estado entrar em colapso na semana passada, o governador do Ceará Camilo Santana (PT) e o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT) colocaram em prática, na última sexta-feira (8.05), o lockdown – conjunto de medidas mais duras e restritivas de tráfico e circulação de pessoas. Segundo os últimos dados oficiais, o Ceará tem 14.467 casos confirmados de coronavírus e 940 mortes registradas.



Foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário