Bicampeão olímpico, David Rudisha passa por cirurgia no tornozelo e pode ficar quatro meses parado - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bicampeão olímpico, David Rudisha passa por cirurgia no tornozelo e pode ficar quatro meses parado

Compartilhe

O queniano David Rudisha, bicampeão olímpico nos 800m, foi submetido a uma cirurgia nesta quinta-feira, 28, depois de sofrer uma fratura em seu tornozelo esquerdo. O procedimento, realizado em Eldoret, Quênia, foi um sucesso e o atleta deverá ficar de 3 a 4 meses afastado das pistas, em recuperação.

De acordo com informações de sua empresa de gestão, a cirurgia foi realizada pelo médico da equipe queniana, Dr. Victor Bargoria, que é especialista em cirurgia ortopédica. "Fomos capazes de realizar a operação hoje [quinta-feira] e o atleta passará a noite para mais observações amanhã [sexta-feira]", destacou o médico após o processo.

Rudisha torceu seu tornozelo na terça-feira da última semana, 19 de maio, quando estava caminhando em sua casa rural e pisou em um terreno irregular. Inicialmente, não acreditou ter sido uma lesão muito grave, tanto que continuou a realizar alguns exercícios em casa que não incomodaram sua dor.

No entanto, com a falta de melhora no final de semana, o atual recordista mundial nos 800m foi submetido a um exame e o diagnóstico foi de uma fratura no tornozelo esquerdo. Na cirurgia, uma placa tubular de 1/3 e parafusos de 3,5mm fixaram a fratura.

Rudisha é o atual bicampeão olímpico nos 800m, sendo ouro em Londres 2012 e na Rio-2016. Ele também foi campeão mundial em duas oportunidades, em 2011 e em 2013. As lesões sempre foram um problema para o queniano. Ele ficou de fora dos Mundiais de 2013, 2017 e de 2019, no último ano, por conta de contusões. Sua última competição foi em julho de 2017, quando sofreu uma lesão muscular antes do Mundial daquele ano.

Foto: AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário