Vila Pan-Americana de Lima pode virar complexo hospitalar após pandemia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Vila Pan-Americana de Lima pode virar complexo hospitalar após pandemia

Compartilhe

A Vila Pan-Americana de Lima, complexo residencial que abrigou mais de 9 mil esportistas de 41 países durante os Jogos Pan-Americanos de 2019, poderá virar um grande complexo hospitalar após a pandemia do coronavírus.

No momento, a vila já está sendo utilizada para fins sanitários. Cerca de 300 pacientes com quadros leves de Covid-19 estão se tratando no espaço. Mas o presidente do Peru, Martín Vizcarra, quer transformar a ação temporária em algo permanente.

"Temos 900 leitos prontos e pouco mais de 300 pacientes que os ocuparam. Lá podemos ter 3.000 camas. Então, por que não pensamos no futuro?", disse Vizcarra em sua tradicional mensagem à nação peruana, na última quinta-feira, 16.

"No entanto, essa doença passará e, depois disso, o que faremos?" - perguntou-se. "Vendemos a Vila Pan-Americana para que haja mais orçamento ou por que não a dedicamos exclusivamente para que seja um grande complexo hospitalar em Lima? Eles percebem que precisamos mudar? Não pense na receita econômica, mas na social, porque o melhor investimento é aquele feito para o benefício da população", completou o presidente.

Localizada na região de Villa El Salvador da capital peruana, a Vila é composta por 7 prédios de 20 andares cada um. Na ideia inicial do governo, uma parte da estrutura seria destinada aos atletas peruanos que conquistaram medalhas no Pan e o restante seria vendido para recuperar os investimentos feitos sobre o evento multi-esportivo.

O Peru já registrou mais de 13 mil casos e 300 mortes pela Covid-19. Lima é o epicentro da pandemia no país, tendo cerca de 9 mil infectados.

Foto: Alexandre Loureiro/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário